Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7178
Título: Enraizamento de estacas de atemoieira (Annona Cherimola Mill. x A. squamosa L.) cv. Gefner submetidas a tratamento lento e rápido com auxinas
Título(s) alternativo(s): Rooting of atemoya (Annona cherimola Mill. x A. squamosa L.) cv. Gefner cuttings subjected to slow and fast treatment with auxins
Autor: Ferreira, Gisela
Ferrari, Tainara Bortolucci
Palavras-chave: Propagação
Atemóia
Reguladores vegetais
Propagation
Atemoya
Plant growth regulators
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Abr-2010
Referência: FERREIRA, G.; FERRARI, T. B. Enraizamento de estacas de atemoieira (Annona Cherimola Mill. x A. squamosa L.) cv. Gefner submetidas a tratamento lento e rápido com auxinas. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 2, p. 329-336, mar./abr. 2010.
Resumo: Realizou-se este trabalho, com o objetivo de avaliar o uso de concentrações de diferentes auxinas no enraizamento de estacas de atemoieira (Annona cherimola Mill. x A. squamosa L.) cv. Gefner, empregando-se tratamento lento e rápido. O delineamento experimental empregado foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x7 (auxinas x concentrações), com 5 repetições de 12 estacas por parcela, para cada método de aplicação de auxina (lento e rápido). As estacas foram tratadas com os reguladores vegetais, por meio da imersão da base em soluções, contendo IBA, NAA e 2,4-D, durante 24 horas (tratamento lento) nas concentrações 0 (testemunha), 50, 100, 200, 300, 400 e 500 mg L-1 de cada regulador e 5 segundos (tratamento rápido) nas concentrações 0 (testemunha), 500, 1000, 2000, 3000, 4000 e 5000 mg L-1 de cada regulador. As variáveis avaliadas foram: porcentagem de estacas sobreviventes, enraizadas, sobreviventes com calos, comprimento de raiz por estaca, porcentagem de estacas enraizadas com folhas remanescentes, com brotação e com folhas remanescentes e brotação. Para o enraizamento de estacas de atemoieira cv. 'Gefner' conclui-se que, o tratamento lento, com 200 mg L-1 de NAA, proporcionou incremento ao processo, da mesma forma que o tratamento rápido com IBA, independente da concentração.
Abstract: This study aimed to evaluate the effect of different auxin concentrations in the rooting of atemoya (Annona cherimola Mill. x A. squamosa L.) cv. Gefner stacks, employing slow and fast treatments. The experimental design used was completely randomized, in 3x7 factorial arrangement (auxins x concentrations), with 5 replicates of 12 stacks per plot, for each auxin application method (slow and fast). Stacks were treated with plant growth regulators by bottom immersion in a solution containing IBA, NAA and 2,4-D for 24 hours (slow treatment) at the following concentrations: 0 (control), 50, 100, 200, 300, 400 and 500 mg L-1 of each growth regulator and for 5 seconds (fast treatment) at the concentrations: 0 (control), 500, 1000, 2000, 3000, 4000 and 5000 mg L-1 of each growth regulator. The evaluated variables were: percentage of surviving, rooted and surviving-with-callus stacks; root length per stack; percentage of rooted stacks with remaining leaves, sprouting, and remaining leaves and sprouting. For the rooting of stacks of atemoya cv. 'Gefner', it was concluded that the slow treatment with 200 mg L-1 of NAA increased the rooting process, similar to fast treatment with IBA, regardless of concentrations.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000200009
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.