Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7223

Título: Sensibilidade do clorofilômetro para diagnóstico nutricional de nitrogênio no milho
Autor(es): Hurtado, Sandro Manuel Carmelino
Silva, Carlos Alberto
Resende, Álvaro Vilela de
Corazza, Edemar Joaquim
Shiratsuchi, Luciano Shozo
Higashikawa, Fábio Satoshi
Assunto: Adubação nitrogenada
Soil plant analysis development
Zea mays
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2010
Referência: HURTADO, S. M. C. et al. Sensibilidade do clorofilômetro para diagnóstico nutricional de nitrogênio no milho. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 3, p. 688-697, maio 2010.
Resumo: A obtenção de altas produtividades de milho (Zea mays L.) torna-se difícil, dentre outros fatores, pela complexa quantificação dos requerimentos de nitrogênio (N) da cultura do milho ao longo do seu ciclo, o que dificulta o seu dimensionamento, ainda mais, considerando a variada capacidade de suprimento de N em solos brasileiros. Nesse sentido, os teores relativos de clorofila surgem como uma opção para o manejo do N. Objetivou-se, neste estudo avaliar a sensibilidade do clorofilômetro em indicar o estado nutricional do milho em resposta ao N, em solos com teores de argila contrastantes e sob diferentes condições de suprimento de N. Para isso, foram realizados experimentos em condições controladas e de lavoura. Em condições controladas, foram testados três solos com teores de argila contrastantes e cinco doses de N, sendo avaliados, aos 55 dias após a emergência (estádio prévio ao VT), os teores relativos de clorofila, de N foliar e a produção de matéria seca da parte aérea. Em condições de lavoura foram avaliados seis tratamentos, resultantes da combinação de três doses de nitrogênio em cobertura, na presença e ausência de calcário, sendo a maior dose de N correspondente à condição na qual não haveria limitação de disponibilidade quanto ao suprimento do nutriente. A nutrição nitrogenada foi monitorada semanalmente com uso do clorofilômetro. Foram avaliados também os teores de N na folha e no grão, o N mineral no solo, a matéria seca da parte aérea e a produtividade de grãos. Os resultados permitiram concluir que há sensibilidade do clorofilômetro em detectar diferenças no estado nutricional do milho em resposta a diferentes características de solo e de suprimento de N, servindo como indicador da necessidade de adubação nitrogenada de cobertura.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000300023
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback