Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7291

Título: Tissue culture of Cecropia glaziovii Sneth (urticaceae): vegetative micropropagation and plant regeneration from callus
Título Alternativo: Cultura de tecidos de Cecropia glaziovii Sneth (Urticaceae): micropropagação vegetativa e regeneração de plantas via calos
Autor(es): Alves, Marcos Nopper
Assunto: Medicinal plants - Breeding
Plant regulators
Cloning
Plantas medicinais - Melhoramento genético
Plantas – Reguladores
Clonagem
Cecropia glaziovii
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Out-2010
Referência: ALVES, M. N. Tissue culture of Cecropia glaziovii Sneth (urticaceae): vegetative micropropagation and plant regeneration from callus. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 5, p. 1245-1252, set./out. 2010.
Resumo: Cecropia glaziovii é uma planta lenhosa, popularmente usada no Brasil como medicinal. Métodos que visem a sua propagação clonal podem ser de grande utilidade na preservação de seus genótipos de elite. Foram examinados efeitos de diferentes reguladores de crescimento e explantes na formação de brotações múltiplas a partir de calos e a partir de brotos apicais. Folhas, pecíolos e estípulas obtidas de plântulas assépticas e da esterilização de sementes ou através da esterilização direta dos explantes foram utilizados para iniciar os cultivos. Brotações múltiplas foram obtidas quando brotos apicais ou axilares foram inoculados em meios compostos de sais de Murashige & Skoog (MS), suplementado com apenas 6-benzilaminopurine (BAP) (1,0, 5,0 ou 10,0 mg L-1) ou combinado com ácido -naftaleno acético (ANA) (1,0 ou 2,0 mg L-1), depois de 40 dias. A produção de calos foi obtida após 30 dias, quando pecíolos foram inoculados em meio MS acrescido de acido 2,4 diclorofenoxiacético (2,4-D) (5,0 mg L-1) combinado com BAP (1,0 mg L-1). A regeneração de brotos a partir de calos foi obtida quando meio MS acrescido de apenas zeatina (ZEA) (0,1 mg L-1) ou combinado com 2,4-D (1,0 ou 5,0 mg L-1) foi inoculado com calos friáveis obtidos de pecíolos. As plântulas foram enraizadas em MS suplementado com ácido 3-indol acético (AIA) (1.0 mg L-1). A aclimatação das plântulas enraizadas foi estabelecida pela transferência para vasos contendo substrato orgânico e vermiculita sob umidade relativa 100%. As plântulas regeneradas "in vitro" apresentaram aparência normal e idênticas à planta-mãe. Nosso estudo concluiu que genótipos de elite de C. glaziovii podem ser propagados em larga escala através de métodos "in vitro", proporcionando uma fonte confiável de matéria prima para estudos farmacológicos.
Abstract: Cecropia glaziovii is a tree with used in Brazilian popular medicine. Methods allowing the clonal propagation of this species are of great interest for superior genotype multiplication and perpetuation. For this reason, we examined the effect of different culture media and different types of explants on adventitious shoot regeneration from callus and buds of C. glaziovii. Leaves, petioles and stipules obtained from aseptically grown seedlings or from pre-sterilized plants were used to initiate cultures. Adventitious shoot regeneration was achieved when apical and axillary buds were inoculated on gelled Murashige & Skoog (MS) medium supplemented with 6-benzylaminopurine alone (BAP) (1.0, 5.0 or 10.0 mg L-1) or combined with -naphthalene acetic acid (NAA) (1.0 or 2.0 mg L-1), after 40 days of culture. Best callus production was obtained after 30 days of petioles' culture on gelled MS medium with 2,4 dichlorophenoxyacetic acid (2,4-D) (5.0 mg L-1) combined with BAP (1.0 mg L-1). Successful shoot regeneration from callus was achieved when MS medium supplemented with zeatin (ZEA) (0.1 mg L-1) alone or combined with 2,4-D (1.0 or 5.0 mg L-1) was inoculated with friable callus obtained from petioles. All shoots were rooted by inoculation on MS medium supplemented with indole-3-acetic acid (IAA) (1.0 mg L-1). Rooted plants transferred to potting soil were successfully established. All in vitro regenerated plantlets showed to be normal, without morphological variations, being also identical to the source plant. Our study has shown that C. glaziovii can be propagated by tissue culture methods, allowing large scale multiplication of superior plants for pharmacological purposes.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000500024
Idioma: en
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback