Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7302

Title: Desempenho, microbiota intestinal e peso de órgãos de leitões na fase inicial recebendo rações com simbiótico e probiotico
Other Titles: Performance, intestinal microorganisms and organs weight of piglets in the initial phase receiving diets with simbiotic and probiotic
???metadata.dc.creator???: Pozza, Paulo Cesar
Pozza, Magali Soares dos Santos
Nunes, Ricardo Vianna
Pasquetti, Tiago Júnior
Venturi, Iderson
Busanello, Marli
Keywords: Inulina
Ganho de peso
Suínos
Enterobactérias
Lactobacilos
Inulin
Weight gain
Swine
Enterobacteria
Lactobacillus
Publisher: Editora da Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Oct-2010
Citation: POZZA, P. C. et al. Desempenho, microbiota intestinal e peso de órgãos de leitões na fase inicial recebendo rações com simbiótico e probiotico. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 34, n. 5, p. 1327-1334, set./out. 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: Neste Trabalho, objetivou-se avaliar o efeito da suplementação de dietas contendo probiótico e simbiótico sobre o desempenho de leitões dos 21 aos 49 dias, microbiota intestinal e peso dos órgãos. Foram utilizados 120 leitões mestiços desmamados aos 21 dias de idade, distribuídos em um delineamento de blocos casualizados, com três tratamentos (antibiótico, probiótico e simbiótico) e cinco repetições, sendo a unidade experimental representada pela baia, onde foram alojados oito leitões. No período de 21 a 35 dias de idade, não se observou diferença (P>0,05) no desempenho. No período de 36 até os 49 dias, pode-se observar maior ganho diário de peso (P<0,01) para o tratamento contendo antibiótico. Foi observada uma maior contagem de bactérias lácticas (P<0,05) no conteúdo do cólon, aos 35 dias de idade para o tratamento contendo probiótico. Os pesos relativos dos órgãos não foram influenciados (P>0,05) pelos tratamentos. O uso de probiótico e simbiótico nas rações foi efetivo para leitões dos 21 aos 35 dias de idade para as variáveis de desempenho e contagem de coliformes no íleo e cólon, e dos 36 aos 49 dias de idade o uso de antibiótico foi melhor em relação as variáveis de desempenho.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the effect of diets containing probiotic and simbiotic on the performance of piglets from 21 to 49 days, intestinal microorganisms and weight of organs. In this study there were used 120 crossbred piglets, weaned at 21 days of age, alloted in randomized blocks design, with three treatments (antibiotic, probiotic and simbiotic) and five replicates, being the experimental unit represented by the pen, where eight piglets were hosted. In the period from 21 to 35 days of age no difference was observed (P>0.05) for the performance results. In the period from 36 to 49 days could be observed a higher daily weight gain (P<0.01) for the antibiotic treatment. A higher count of lactic bacteria was observed (P<0.05) in the colon content, in piglets with 35 days of age, for the probiotic treatment. The relative organs weight was not influenced (P>0.05) by the treatments. The use of probiotic and simbiotic in the diets was effective for piglets from 21 to 35 days of age for performance and coliform count in the ileum and large gut, and from 36 to 49 days of age the use of antibiotic in the diet was better for the performance parameters.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000500035
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:Ciência e Agrotecnologia

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback