Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7368

Título: Toxicidade por fumigação, contato e ingestão de óleos essenciais para Sitophilus zeamais Motschulsky, 1885 (Coleoptera: Curculionidae)
Título Alternativo: Toxicity by fumigation, contact and ingestion of essential oils in Sitophilus zeamais Motschulsky, 1885 (Coleoptera: Curculionidae)
Autor(es): Coitinho, Rodrigo Leandro Braga de Castro
Oliveira, José Vargas de
Gondim Junior, Manoel Guedes Corrêa
Câmara, Cláudio Augusto Gomes da
Assunto: Milho - Doenças e pragas
Milho - Armazenamento
Inseticidas vegetais
Óleo essencial
Corn - Diseases and pests
Corn - Storage
Botanical insecticides
Essential oil
Sitophilus zeamais
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Fev-2011
Referência: COITINHO, R. L. B. de C. et al. Toxicidade por fumigação, contato e ingestão de óleos essenciais para Sitophilus zeamais Motschulsky, 1885 (Coleoptera: Curculionidae). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 1, p. 172-178, jan./fev. 2011.
Resumo: A espécie Sitophilus zeamais é uma das principais pragas do milho armazenado no Brasil. O controle é feito, comumente, utilizando-se medidas de higienização e limpeza, bem como inseticidas sintéticos fumigantes e protetores. A busca por produtos menos tóxicos, biodegradáveis e seguros do ponto de vista ecológico, é muito bem aceita pela sociedade. Assim, os objetivos do presente trabalho foram testar a toxicidade de contato e ingestão e fumigante de óleos essenciais e do composto orgânico natural eugenol para adultos de S. zeamais. Os valores de CL50 dos óleos essenciais provenientes de folhas de Piper hispidinervum, Eugenia uniflora, Cinnamomum zeylanicum, P. marginatum, Schinus terebinthifolius, Melaleuca leucadendron, dos frutos verdes de S terebinthifolius e do composto eugenol, nos testes de contato e ingestão, foram estimados em 1,0; 11,6; 14,2; 21,1; 57,7; 75,8; 98,8 e 14,8 µL/40 g de milho, respectivamente. As razões de toxicidade (RT) variaram entre 1,3 e 98,8. Na fumigação em adultos, as concentrações letais dos óleos variaram de 0,53 a 94,7 µL/L de ar, obedecendo à seguinte ordem decrescente de toxicidade: P. hispidinervum > P. aduncum > S. terebinthifolius > frutos verdes de S. terebinthifolius > P. marginatum > eugenol e as RT variaram entre 2,0 a 178,7.
Abstract: The Sitophilus zeamais species is a major pest of stored maize in Brazil. The control is made, usually, using measures of hygiene and cleanliness, synthetic insecticides and fumigant protectors. The search for less toxic products, biodegradable and safe from an ecological point of view is very well accepted by society. the objective of this study was to test the toxicity by contact and ingestion and fumigant of essential oils and eugenol natural organic compound for adults of S. zeamais. The values of LC50 in oil from leaves of Piper hispidinervum, Eugenia uniflora, Cinnamomum zeylanicum, P. marginatum, Schinus terebinthifolius, Melaleuca leucadendron, green fruits of S. terebinthifolius and eugenol compound in tests of contact and ingestion were estimated at 1.0; 11.6, 14.2, 21.1, 57.7, 75.8, 98.8 and 14.8 L/40 g maize, respectively. The toxicity ratios (TR) ranged from 1.3 to 98.8. In the fumigation of adults, the lethal concentrations ranged from 0.53 to 94.7 L/L air, in the following order of toxicity: P. hispidinervum > P. aduncum > S. terebinthifolius > green fruits of S. terebinthifolius > P. marginatum > eugenol, and the TR ranged from 2.0 to 178.7.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000100022
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback