Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7392

Título: Teores de β-caroteno em suplementos e biomassa de Spirulina
Título Alternativo: Contents of β-carotene in supplements and biomass of Spirulina
Autor(es): Alencar, Daniel Barroso de
Pires-Cavalcante, Kelma Maria dos Santos
Saboya, Jefferson Pablo de Souza
Sousa, Márcia Barbosa de
Farias, Wladimir Ronald Lobo
Saker-Sampaio, Silvana
Assunto: Cianobactéria
Beta caroteno
Suplemento alimentar
Cyanobacteria
Beta carotene
Food supplement
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Abr-2011
Referência: ALENCAR, D. B. de et al. Teores de β-caroteno em suplementos e biomassa de Spirulina. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 2, p. 386-391, mar./abr. 2011.
Resumo: A cianobactéria Spirulina tem sido utilizada há séculos, tendo em vista suas propriedades nutricionais e medicinais. Neste trabalho, objetivou-se analisar os teores de β-caroteno tanto em suplementos alimentares a base de Spirulina comercializados em estabelecimentos de produtos naturais no mercado varejista, quanto em S. platensis cultivada em laboratório. Alguns pigmentos carotenóides possuem atividade de vitamina A e, dentre eles, o β-caroteno é o que apresenta maior atividade biológica. A extração de β-caroteno foi feita com metanol:água (90:10 v/v), seguida de saponificação e partição em n-hexano. As análises cromatográficas foram realizadas em coluna Waters Spherisorb S5 ODS 2 (4,6 x 250 mm), usando metanol:tetrahidrofurano (90:10, v/v) bombeado a 2 mL min-1, com registro dos cromatogramas em 450 nm. Os suplementos alimentares a base de Spirulina apresentaram baixos teores de β-caroteno. A maior concentração foi encontrada em S. platensis cultivada a 24º C com fotoperíodo de 16 h claro e 8 h escuro. Considerando sua atividade provitamínica, os teores de retinol equivalente (RE) nas microalgas analisadas no presente trabalho foram calculados a partir do β-caroteno para classificá-las como fonte excelente ou fonte útil de vitamina A.
Abstract: Spirulina is a cyanobacterium that has been used for several centuries due to its nutritional and medicinal properties. This work has evaluated the contents of β-carotene both in Spirulina commercialized as food supplement, purchased from natural product shops, and in S. platensis reared under laboratory conditions. Some carotenoids exhibit pro-vitamin A activity, and β-carotene presents the greatest biological activity. β-Carotene of microalgae was extracted in 90% aqueous methanol. These extracts were saponified and partitioned in n-hexane. Chromatographic analyses were carried out in a Spherisorb column S5 ODS 2 (4.6 x 250 mm), with a mobile phase of methanol:tetrahydrofuran (90:10, v/v) delivered at 2 mL min-1 and chromatograms registered at 450 nm absorbance. Food supplement made with Spirulina presented low content of β-carotene. The highest content of β-carotene was detected in S. platensis cultivated under 24º C with photoperiod of 16 h light and 8 h dark. Considering its pro-vitamin activity, retinol equivalent (RE) was calculated from β-carotene to determine whether alga material could be claimed as an useful or an excellent source of the vitamins A.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000200021
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback