Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7401

Título: Desenvolvimento morfológico das gramas Esmeralda, São Carlos e Tifton 419
Título Alternativo: Morphological development of Emerald, Carpetgrass and Tifton 419 turfgrasses
Autor(es): Kojoroski-Silva, Cleusa Maria
Scheffer-Basso, Simone Meredith
Carneiro, Cerci Maria
Guarienti, Maurício
Assunto: Axonopus
Cynodon
Zoyzia
Estolão
Folhas
Raízes
Stolon
Leaves
Roots
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2011
Referência: KOJOROSKI-SILVA, C. M. et al. Desenvolvimento morfológico das gramas Esmeralda, São Carlos e Tifton 419. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 3, p. 471-477, maio/jun. 2011.
Resumo: Avaliou-se o desenvolvimento morfológico das gramas São Carlos (Axonopus affinis), Tifton 419 (Cynodon dactylon x C. transvaalensis) e Esmeralda (Zoysia sp.), cultivadas em casa de vegetação e colhidas integralmente aos 97, 118, 146, 174, 202, 230 e 258 dias de idade. A Tifton 419 mostrou os maiores comprimentos de estolão (83,3 cm), altura de planta (23,6 cm) e número de folhas (12-24 cm-1 de estolão); as folhas mediram 6,7 cm x 1,9 mm (textura fina). Os estolões da São Carlos atingiram em média 58,3 cm e foram os mais espessos (2,5 cm), com 2-4 folhas cm de estolão-1; as folhas mediram 10,9 cm x 12,3 mm (textura grossa) e a altura máxima da planta foi de 13 cm. A Esmeralda foi inferior quanto à altura (10 cm), comprimento de estolão (45 cm) e número de folhas (7 folhas cm de estolão-1); as folhas mediram 6,2 cm x 3,7 mm (textura média). O acúmulo de matéria seca da parte aérea (mg planta-1) atingiu 12.100 (São Carlos), 8.700 (Tifton 419) e 3.500 (Esmeralda) e a relação raiz:parte aérea foi de 0,33; 0,15 e 0,19, respectivamente. As distintas características morfológicas das gramas podem subsidiar sua escolha para diferentes propósitos.
Abstract: This study evaluated the morphological development of Carpetgrass (Axonopus affinis), Tifton 419 (Cynodon dactylon x C. transvaalensis) and Emerald (Zoysia sp.) turfgrasses grown in greenhouse and harvested at 97, 118, 146, 174, 202, 230 and 258 days old. Tifton 419 showed the largest stolons (83.3 cm), height (23.6 cm) and leaf number (12-24 cm-1 stolon); leaves measured 6.7 cm x 1.9 mm (fine texture). Carpetgrass stolons reached on average 58.3 cm and were thicker (2.5 cm), with 2-4 leaf cm-1; their leaves measured 10.9 cm x 12.3 mm (coarse texture) and the maximum height of the plant was 13 cm. The Emerald presented the lowest height (10 cm), stolon length (45 cm), leaf number (7 leaves cm stolon-1); their leaves measured 6.2 cm x 3.7 mm (medium texture). The dry matter accumulation (mg plant-1) reached 12,100 (Carpetgrass), 8,700 (Tifton 419) and 3,500 (Emerald), with root:shoot relation of 0.33, 0.15 and 0.19, respectively. The distinct morphologic characteristics of the grasses may promote its use for different purposes.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000300005
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback