Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Ciência e Agrotecnologia >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7409

Título: Produtividade e composição bromatológica de Brachiaria spp., no Alto Vale do Jequitinhonha
Autor(es): Pereira, Rosana Cristina
Ribeiro, Karina Guimarães
Pereira, Odilon Gomes
Silva, Janaina de Lima
Santos, Jakline Magela dos
Rigueira, João Paulo Sampaio
Assunto: Fibra em detergente neutro
Fibra em detergente ácido
Lignina
Proporção de lâminas
Proteína bruta
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Publicação: 1-Jun-2011
Referência: PEREIRA, R. C. et al. Produtividade e composição bromatológica de Brachiaria spp., no Alto Vale do Jequitinhonha. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 3, p. 524-530, maio 2011.
Resumo: Avaliaram-se a produtividade de matéria seca (MS), proporção de lâminas e composição bromatológica de Brachiaria spp., colhidas com 42 dias de rebrotação, em Diamantina, MG. Para a determinação dos teores de MS, PB, FDN, FDA e lignina utilizaram-se o esquema em parcelas subsubdivididas, no DIC, com quatro repetições. Nas parcelas foram distribuídas as cultivares Basilisk, Marandu, Xaraés, Llanero e B. humidicola comum; nas subparcelas, dois cortes, e, nas subsubparcelas, dois anos experimentais. A produção de MS total e a proporção de lâminas foram analisadas em esquema de parcelas subdivididas, com espécies/cultivares nas parcelas e anos nas subparcelas. A produção de MS no segundo ano (3 cortes) foi mais alta que no primeiro (2 cortes), destacando-se as cultivares Basilisk, Xaraés e Llanero. De modo geral, as cultivares apresentaram teores satisfatórios de PB, mais altos no segundo ano. Os teores de FDN foram mais baixos no segundo ano e os de lignina mais baixos no primeiro ano. As cultivares Xaraés e Marandu destacam-se pela elevada proporção de folhas e apresentam composição bromatológica semelhante a da cultivar Basilisk. Associando-se a composição bromatológica com a produtividade de MS, recomendam-se as cultivares Xaraés e Basilisk para as condições do Alto Vale do Jequitinhonha.
Outras Identificações: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000300013
Idioma: pt
Aparece nas coleções: Ciência e Agrotecnologia

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback