Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7419
Título: Nitrogênio e as características anatômicas, bromatológicas e agronômicas de cultivares de Brachiaria brizantha
Título(s) alternativo(s): Nitrogen and anatomical, bromatological and agronomical characteristics of Brachiaria brizantha cultivars
Autor: Medeiros, Lucilene Tavares
Pinto, José Cardoso
Castro, Evaristo Mauro de
Rezende, Adauton Vilela de
Lima, Cristiane Andrade
Palavras-chave: Digestibilidade
Estômatos
Forragem Marandu
Forragem MG-5 Vitória
Digestibility
Stomata
Forage Marandu
Forage MG-5 Vitória
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Jun-2011
Referência: MEDEIROS, L. T. et al. Nitrogênio e as características anatômicas, bromatológicas e agronômicas de cultivares de Brachiaria brizantha. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 3, p. 598-605, maio/jun. 2011.
Resumo: Com o objetivo de determinar algumas características anatômicas e físico-químicas de duas cultivares de Brachiaria brizantha, cvs. Marandu e MG-5 Vitória, colhidas aos 45 e 65 dias após o plantio, sob doses crescentes de nitrogênio (N), foi conduzido um experimento em vasos, em casa de vegetação do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras-UFLA, Lavras, MG. Foi utilizado o delineamento experimental de blocos ao acaso com os tratamentos dispostos em esquema fatorial 2x2x5, sendo dois genótipos, duas idades de corte e cinco doses de N (0, 100, 200, 300 e 400 mg/dm³), com quatro repetições, totalizando 20 tratamentos e 80 unidades experimentais (vasos). As variáveis estudadas foram: densidade de perfilhos, diâmetros polar e equatorial dos estômatos nas superfícies adaxial e abaxial das folhas, teores de PB, FDN e FDA e coeficientes de DIVMS. Os resultados obtidos permitem verificar que o aumento das doses de N influencia positivamente a produção de MS nas duas idades de corte. A idade de corte influencia o número de perfilhos, a densidade e os diâmetros polar e equatorial dos estômatos e a cv. Vitória mostra-se mais plástica nas características estomáticas comparada à cv. Marandu. As doses mais altas de N proporcionam aumentos nos teores de PB e DIVMS. Os menores intervalos entre corte proporcionam os menores teores de FDN e FDA.
Abstract: With the objective of determining some anatomical and physicochemical characteristics of two cultivars of Brachiaria brizantha cvs. Marandu and MG-5 Vitória, harvested at 45 and 65 days after planting under growing doses of ,nitrogen (N), an assay was conducted in pots in greenhouse of the Science Department in the Federal University of Lavras - UFLA, Lavras, MG. An experimental randomized block design with the treatments arranged in a factorial scheme 2x2x5 was used, with, two genotypes, two cutting ages and five doses of N (0, 100, 200, 300 and 400 mg/dm3) with four replicates totalizing to 20 treatments and 80 experimental units (pots). The variables studied were: tiller density, polar and equatorial diameters of stomata on the adaxial and abaxial leaf surfaces, CP, NDF and ADF contents and IVDMD coefficients. The results allow to verify that increased doses of N influences positively DM yield at the two cutting ages. The cutting age influences the number o tillers, the density and polar and equatorial diameters of stomata and the cultivar Vitória presents more plastic in the stomata characteristics compared to the cultivar Marandu. Higher doses of N cause increase in the contents of CP and IVDMD. Lower inter-curtting intervals promoted the lowest contents of NDF and ADF.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000300023
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.