Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7452
Título: Efeito da temperatura do solo na infectividade e reprodução det Meloidogyne javanica e Heterodera glycines em cultivares de soja
Título(s) alternativo(s): Effect of soil temperature on infectivity and reprodution of Meloidogyne javanica and Heterodera glycines in soybean cultivars
Autor: Campos, Hercules Diniz
Silva, Juliana Resende Campos
Campos, Vicente Paulo
Silva, Luís Henrique Carregal Pereira da
Costa, Lilian Simara Abreu Soares
Silva, Willian José Rodrigues da
Palavras-chave: Nematóides de galhas
Parasistismo
Glycine max
Root-knot nematode
Parasitism
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Out-2011
Referência: CAMPOS, H. D. et al. Efeito da temperatura do solo na infectividade e reprodução det Meloidogyne javanica e Heterodera glycines em cultivares de soja. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 5, p. 900-907, set./out. 2011.
Resumo: A infectividade e a reprodução de Meloidogyne javanica e de Heterodera glycines, em cultivar suscetível e resistente de soja, diferiram, de acordo com a temperatura do solo. A 28ºC o número de massas de ovos, total de ovos, de fêmeas e a porcentagem de sucesso de parasitismo dos juvenis do segundo estádio (J2) em cada cultivar (suscetível e resistentes) de soja infestada com M. javanica foram, significativamente maiores, comparados com as demais temperaturas (32º C, 26º C, 24º C e 20º C). Entretanto, a soma de juvenis do terceiro e quarto estádios (J3 e J4) foi maior em todas as cultivares, quando a temperatura submetida às plantas inoculadas com M. javanica foi de 20º C comparada com as demais temperaturas. A capacidade reprodutiva da fêmea (ovos por fêmea) de M. javanica foi sempre maior na cultivar suscetível em cada temperatura testada, porém, significativamente maior na cultivar suscetível colocada a 32º C comparada com as demais temperaturas. Nas relações H. glycines e soja, as temperaturas testadas proporcionaram valores semelhantes para a população total (fêmeas e cistos) na cultivar resistente. Na cultivar suscetível, a temperatura de 28º C aumentou significativamente o número de fêmeas, total de fêmeas e cistos e a porcentagem de parasitismo de J2 de H. glycines, comparada com todas as demais temperaturas.
Abstract: The infectivity and reproduction of Meloidogyne javanica and Heterodera glycines in susceptible and resistant soybean cultivars differs according to soil temperatures. At 28ºC the egg-mass number, total eggs, and females, and percentage of parasitism success of second stage juveniles (J2) in each cultivar (susceptible and resistants) of infested soybean with M. javanica were significantly greater when compared to other temperatures (32º C, 26º C, 24º C and 20º C). However, the sum of third and fourth juvenile stages (J3 and J4) was greater in all cultivars when M. javanica inoculated plants were submitted to 20ºC. The female reproductive capacity (eggs per female) of M. javanica was always greater on susceptible cultivars in each tested temperature, but significantly greater in the susceptible cultivars submitted to 32ºC as compared to other temperatures. On the interaction between H. glycines and resistant soybean cultivars, the different temperatures resulted in similar values for the total population (females + cysts no.) on the resistant cultivars. On susceptible cultivars 28º C increased significantly the number of females, total females + cysts and the percentage of J2 parasitism of H. glycines as compared to all other temperatures.
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000500006
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.