Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
CERNE >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7546

Title: Variações florísticas e estruturais de uma voçoroca em Itumirim, Minas Gerais
Other Titles: Floristic and structural variations of a gully at Itumirim, Minas Gerais
???metadata.dc.creator???: Loschi, Ricardo Ayres
Pereira, José Aldo Alves
Machado, Evandro Luiz Mendonça
Carlos, Leandro
Santos, Rubens Manoel dos
Keywords: Áreas degradadas
Regeneração natural
Método de agulha
Fitossociologia
Florística
Degraded areas
Floristics
Phytosociology
Needle method
Natural regeneration
Publisher: UFLA - Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Dec-2010
Citation: LOSCHI, R. A. et al. Variações florísticas e estruturais de uma voçoroca em Itumirim, Minas Gerais. Cerne, Lavras, v. 16, n. 4, p. 479-498, 2010.
Abstract: This work aimed at knowing and evaluating the florisitc composition, the strucuture and the diversity of the regenerating species in a gully at Itumirim, MG. The gully possesses an area of 0.9 ha and was subdivided into three sectors named as arms "A"; "B" and "C". For the structural survey of the vegetation the needle method was employed, i. e. , 574 points distributed systematically across the three arms were sampled. Each spot was stratified on the terrain as related to a topographic gradient. The indicator species analysis (ISA) was used to give statistical support to the standards found. A florisitic survey was also conducted with the purpose of recording all the species of shrub-tree life form ocorring in the gully. Through the strucutural survey, it was found that the species of the group of "grass-like" and "ferns" dominated widely all the sectors. The indicator species analysis performed for each of the arms pointed out that Ludwigia elegans (Cambess.) H. Hara presents high fidelity, and, therefore, can be regarded as an indicator of the sector slack for arm "A" (p = 0.002).the group of species which make up the guild "ferns" was considered an indicator for the upper third of arm "C" (p = 0.038). In the floristic survey concerning the species of shrub-tree life form, 73 species were recorded in the three arms arms 73, distributed into 63 genera and 33 botanic families. The families with highest diversities of species were Fabaceae, Asteraceae, Melastomataceae and Myrtaceae, standing for 46.6% of the total of recorded species.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602010000400008
Description: Objetivou-se com este trabalho conhecer e avaliar a composição florística, a estrutura e a diversidade das espécies em regeneração numa voçoroca em Itumirim, MG. A voçoroca possui uma área de 0,9 ha, e foi subdividida em três setores denominados como braços "A"; "B" e "C". Para o levantamento estrutural da vegetação foi empregado o método de agulha, sendo amostrados 574 pontos distribuídos sistematicamente pelos três braços. Cada ponto foi estratificado no terreno em função de um gradiente topográfico. A análise de espécies indicadoras (ISA) foi usada para dar suporte estatístico aos padrões observados. Foi realizado também um levantamento florístico com o propósito de registrar todas as espécies de hábito arbustivo-arbóreo ocorrentes na voçoroca. Por meio do levantamento estrutural verificou-se que as espécies do grupo das "graminóides" e "samambaias" dominaram amplamente todos os setores. A análise de espécies indicadoras realizada para cada um dos braços indicou que Ludwigia elegans (Cambess.) H. Hara apresenta alta fidelidade, e, portanto, pode ser considerada indicadora do setor baixada úmida para o braço "A" (p = 0,002). O grupo de espécies que compõem a guilda "samambaias" foi considerado indicador do terço superior do braço "C" (p = 0,038). No levantamento florístico, referente às espécies de hábito arbustivo-arbóreo, foram registradas nos três braços 73 espécies, distribuídas em 63 gêneros e 33 famílias botânicas. As famílias com maiores riquezas de espécies foram Fabaceae, Asteraceae, Melastomataceae e Myrtaceae, representando 46,6% do total de espécies registradas.
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:CERNE

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback