Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/760

Título: Ractopamina para pacus (Piaractus mesopotamicus) em fase de terminação
Autor(es): Drumond, Mariana Martins
Orientador: Rosa, Priscila Vieira e
Coorientador(es): Ribeiro, Paula Adriane Perez
Membro da banca: Okamura, Daniel
Silva, Rodrigo Fortes da
Cantarelli, Vinícius de Souza
Área de concentração: Nutrição de não ruminantes
Assunto: Beta adrenérgico
Glicose-6-fostato-desidrogenase
Enzima málica
Metabolismo
Crescimento muscular
Deposição lipídica
Piaractus mesopotamicus
Beta-adrenergic
Glucose-6-phosphate-dehyrogenase
Malic enzyme
Metabolism
Muscle growth
Fat deposition
Data de Defesa: 26-Out-2012
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Referência: DRUMOND, M. M. Ractopamina para pacus (Piaractus mesopotamicus) em fase de terminação. 2012. 75 p. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: A utilização de partidores de nutrientes tem sido frequentemente relatada na produção animal. Sua utilização em peixes ainda é relativamente pequena e seus efeitos sobre o metabolismo desses animais ainda são pouco conhecidos. O pacu é um peixe de grande interesse comercial, porém tem tendência a acumular gordura em sua cavidade celomática o que reduz seu valor de mercado. Para avaliar os efeitos da ractopamina sobre o metabolismo de pacus em terminação um experimento foi conduzido, em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (ração com 32% PB e inclusão de 0, 11.25, 22,5, 33,75 e 45,00 ppm de ractopamina) e oito repetições por tratamento, no laboratório de metabolismo de peixes da Estação de Piscicultura da Universidade Federal da Lavras. O período experimental foi de 60 dias durante os quais os animais foram alimentados com as dietas experimentais, duas vezes ao dia, ad libitum. Ao final do experimento foram avaliados parâmetros de desempenho (consumo de ração e taxa de rendimento dos filés), sanguíneos (triglicerídeos e proteínas totais circulantes), enzimológicos (G6PD e EM). Fragmentos de filés foram submetidos à análise de composição centesimal e análises de crescimento muscular através da mensuração do diâmetro das fibras e do percentual de deposição de tecido adiposo entre as fibras musculares. Os resultados obtidos para os parâmetros de desempenho, sanguíneos e da composição centesimal dos filés foram submetidos à análise de variância e posterior teste de Student-Newman-Keuls (SNK) a 5% de probabilidade. As análises de crescimento muscular e percentual de deposição de tecido adiposo entre as fibras foram submetidas ao teste não paramétrico de Kruskal-Wallis e posterior teste de comparações múltiplas de Nemenyi, a 5% de probabilidade. A inclusão de 11,25 ppm de ractopamina nas dietas de pacus levou a uma redução (P<0,05) no extrato etéreo dos filés corroborada pelo resultado significativo (P<0,05) na mensuração do percentual de distribuição do tecido adiposo entre as fibras musculares. Entretanto, não houve qualquer alteração nos parâmetros de desempenho, sanguíneos ou enzimológicos dos animais. Os resultados encontrados sugerem que inclusões superiores a 11,25 ppm de ractopamina levam a um desequilíbrio metabólico, ocasionando elevação nas concentrações (P<0,05) de triglicerídeos e proteínas totais circulantes e redução das atividades específicas das enzimas G6PD e EM sem que estas alterações fossem refletidas sobre os parâmetros de desempenho e na análise de composição centesimal dos filés. A suplementação de 11,25 ppm de ractopamina nas dietas, por 60 dias, traz resultados satisfatórios do ponto de vista comercial uma vez que reduz o extrato etéreo dos filés e a quantidade de tecido adiposo entre das fibras musculares dos pacus em terminação.
The use of nutrient partitioning has often been reported in animal production. Its use in fish is still relatively rareand its effects on the metabolism of these animals are still poorly understood. Pacu is a fish of great commercial interest, but has a tendency to accumulate fat in the coelomic cavity, which reduces their market value. To evaluate the effects of ractopamine on the metabolism of pacu inthe finishing phase, an experiment was conducted in a completely randomized design with fivetreatments (diet with 32% Crude Protein and ractopamine supplementation of 0, 11.25, 22.5, 33.75 and 45.00 ppm) and eight replicates per treatment in the fish metabolism laboratory of the Fish Culture Station of the Federal University of Lavras. The experimental period was 60 days, during which the animals were fed with the experimental diets twice daily, ad libitum. At the end of the experiment, performance parameters (feed intake and rate of return of the fillets), blood (triglycerides and total circulating proteins) and enzymology (Glucose-6-phosphate-dehydrogenase and Malic Enzyme) were assessed. Fragments of steaks were subjected to chemical composition analysis and analysis of muscle growth by measuring the diameter of the fibers and the percentage of fat deposition between muscle fibers. The results for the performance parameters, blood and chemical composition of the fillets were submitted to variance tests and subsequent Student-Newman-Keuls (SNK) tests at the 5% probability level. Analyses of muscle growth and the percentage of fat deposition between fibers were subjected to non-parametric Kruskal-Wallis tests and subsequent Nemenyi multiple comparisons at the 5% probability level. The inclusion of 11.25 ppm ractopamine in the pacu diet led to a reduction (P <0.05) in the ether extract of steaks, corroborated by the significant result (P <0.05) in the measurement of the percentage of fat distribution between muscle fibers. However, there was no change in performance parameters, blood or enzymological results. The results suggest that inclusions greater than 11.25 ppm ractopamine lead to metabolic imbalance, causing an increase in the concentrations (P <0.05) of circulating triglycerides and total protein and a reduction in the specific activities of the enzymes G6PD and ME. These results were reflected in the performance parameters and the analysis of the chemical composition of the fillets. Supplementation with11.25ppm ractopamine in the diet, for a period of 60 days, led tosatisfactory results from the commercial point of view because it reducedthe ether extract of the fillets and the amount of adipose tissue between the muscle fibers of pacus in the finishing phase.
Informações adicionais: Tese apresentada a Universidade Federal de Lavras como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração em Nutrição de não ruminantes, para obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/760
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Ractopamina para pacus (Piaractus mesopotamicus) em fase de terminação.pdf1,17 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback