Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
CERNE >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/7771

Title: Taxa de decomposição da serapilheira e atividade microbiana em área de Caatinga
Other Titles: Rate of litter decomposition and microbial activity in an area of Caatinga
???metadata.dc.creator???: Souto, Patrícia Carneiro
Souto, Jacob Silva
Santos, Rivaldo Vital dos
Bakke, Ivonete Alves
Sales, Francisco das Chagas Vieira
Souza, Bruna Vieira de
Keywords: Resíduos florestais
Respiração edáfica
Floresta seca
Forest residues
Edaphic breathing
Dry forest
Publisher: UFLA - Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.date???: 1-Dec-2013
Citation: SOUTO, P. C. et al. Taxa de decomposição da serapilheira e atividade microbiana em área de Caatinga. Cerne, Lavras, v. 19, n. 4, p. 559-565, 2013.
Abstract: In order to evaluate the decomposition of litter and microbial activity in an area of preserved Caatinga, an experiment was conducted in the Natural Heritage Private Reserve Tamanduá Farm in Santa Terezinha county, State of Paraiba. The decomposition rate was determined by using litter bags containing 30 g of litter, which were arranged on the soil surface in September 2003 and 20 bags were taken each month until September 2005. The collected material was oven dried and weighed to assess weight loss compared to initial weight. Microbial activity was estimated monthly by the quantification of carbon dioxide (CO2) released into the edaphic breathing process from the soil surface, and captured by KOH solution. Weight loss of litter after one year was 41.19% and, after two years, was 48.37%, indicating a faster decomposition in the first year. Data analysis showed the influence of season on litter decomposition and temperature on microbial activity.
Other Identifiers: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602013000400005
Description: Objetivando avaliar a decomposição da serapilheira e a atividade microbiana em área de Caatinga preservada, conduziu-se um experimento na Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda Tamanduá, em Santa Terezinha, Estado da Paraíba. A taxa de decomposição foi determinada com o uso de sacolas de náilon, contendo 30 g de serapilheira, que foram dispostas na superfície do solo em setembro de 2003, sendo retiradas 20 sacolas mensalmente até setembro de 2005. O material coletado foi seco em estufa e pesado para avaliar a perda de peso em relação ao peso inicial. A atividade microbiana foi estimada mensalmente pela quantificação do dióxido de carbono (CO2) liberado no processo de respiração edáfica, a partir da superfície do solo, e capturado por solução de KOH. A perda de peso da serapilheira, após um ano, foi de 41,19% e, após dois anos, foi de 48,37%, evidenciando uma decomposição mais acelerada no primeiro ano. A análise dos dados mostrou a influência da estação do ano na decomposição de serapilheira e da temperatura na atividade microbiana.
???metadata.dc.language???: pt
Appears in Collections:CERNE

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback