Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/784

Título: Estratégias de avaliação da severidade da mancha-angular no feijoeiro
Autor(es): Iwano, Fernanda Keiko
Orientador: Ramalho, Magno Antonio Patto
Membro da banca: Morais, Augusto Ramalho de
Santos, João Bosco dos
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Plantas - Melhoramento Genético
Phaseolus vulgaris
Pseudocercospora griseola
Plant breeding
Data de Defesa: 25-Fev-2013
Data de publicação: 3-Jul-2013
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: IWANO, F. K. Estratégias de avaliação da severidade da mancha-angular no feijoeiro. 2013. 77 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Devido à desuniformidade da ocorrência dos patógenos e a segregação dentro das progênies, a avaliação da severidade da doença por meio da escala de nota, especialmente da mancha-angular é dificultada nos experimentos de avaliação de progênies e/ou linhagens. Este trabalho teve como objetivo estimar a eficiência do emprego de uma planta por parcela na avaliação da severidade da mancha-angular em experimentos de avaliação de progênies e/ou linhagens na cultura do feijoeiro. Para isso, foram utilizadas duas estratégias experimentais: uma delas utilizando uma planta por parcela e outra parcela de tamanho padrão (2 linhas de 4 metros de comprimento). Os experimentos foram conduzidos no período de novembro de 2011 a maio de 2012, nos municípios de Lavras e Lambari, no Estado de Minas Gerais. Foram avaliadas 41 linhagens do programa de melhoramento da UFLA que diferiam quanto ao grau de suscetibilidade ao P. griseola. As linhagens foram avaliadas quanto à severidade do referido patógeno utilizando uma escala diagramática de cinco graus. Em todos os experimentos, de uma planta por parcela, foram obtidas notas de severidade da doença do início de sua ocorrência e posteriormente em intervalos variando de 7 a 12 dias. Com essas notas foi estimada a área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD). No experimento com parcela de tamanho padrão a avaliação foi efetuada poucos dias antecedendo a colheita de grãos. Procedeu-se as análises de variância por ambiente e conjunta e adicionalmente foi empregado no experimento de uma planta por parcela o método de médias móveis. Constatou-se que a precisão das estratégias experimentais avaliadas foi equivalente. Foi possível classificar as plantas com relação à severidade ao P. griseola nas duas estratégias. Contudo, as estimativas da correlação de Spearman da nota média de severidade das linhagens nos diferentes experimentos foram quase sempre baixas. Também as correlações entre notas de severidade e produtividade de grãos foram na sua maioria de pequena magnitude. O uso do método de médias móveis não melhorou a precisão experimental
Due to disuniformity occurrence of the pathogens and segregation in the progenies, the assessment of disease severity using the scale of note, especially the angular leaf spot is hampered in the evaluation experiments of progenies and/or strains. This study had as objective to estimate the use efficiency of a plant per plot in assessing of the angular leaf spot severity in evaluation experiments of progenies and/or strains of bean. For this, were used two experimental strategies: one of them using a plant per plot and other plot of standard size (2 rows of 4 meters in length). The experiments were conducted from november 2011 to may 2012, in Lavras and Lambari municipality, Minas Gerais state. Forty-one strains of the breeding program of UFLA were evaluated that differed as susceptibility degree to P. griseola. The strains were evaluated as the severity of this pathogen using a diagrammatic scale of five degrees. In all experiments, of a plant per plot were obtained severity grades of disease the beginning of its occurrence and at intervals thereafter ranging from 7 to 12 days. With these notes were estimated the area under the disease progress curve (AUDPC). In the experiment with plot size standard the evaluation was performed a few days preceding the grains harvest. The variance analyzes was carried out for environment and joint and additionally was used in the experiment of a plant per plot the method moving averages. It was found that the accuracy of experimental strategies evaluated were equivalent. It was possible to classify the plants with relation to severity P. griseola in two strategies. However, Spearman correlation estimates of the average grade strains of severity from strains in the different experiments were almost always low. Also the correlations among severity grades and grain yield were mostly of small magnitude. The averages moving method used did not improve the experimental accuracy
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/784
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Estratégias de avaliação da severidade....pdf891,49 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback