Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/818
Título: Efeito de diferentes níveis e fontes de selênio no desempenho e características de carcaça de frangos de corte
Autor : Oliveira, Tiago Ferreira Birro
Primeiro orientador: Bertechini, Antônio Gilberto
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Rodrigues, Paulo Borges
Primeiro membro da banca: Fassani, Édison José
Oliveira, Roberto Maciel de
Ramos, Eduardo Mendes
Área de concentração: Nutrição de monogástricos
Palavras-chave: Carne - Qualidade
Antioxidante
Frango de corte - Desempenho
Perda por gotejamento
Deposição de selênio
Meat quality
Antioxidant
Broilers (Chickens) - Performance
Drip loss
Selenium deposition
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Referência: OLIVEIRA, T. F. B. Efeito de diferentes níveis e fontes de selênio no desempenho e características de carcaça de frangos de corte. 2012. 83 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Selenium is an essential nutrient in broiler diets and its concentration in ingredients can vary greatly from region to region. For this reason, it is a common practice in the poultry industry supplement broiler diets with selenium. Some doubts still exist about the sources and level of supplementation for broilers. The study was conducted to evaluate the effects of dietary levels of inorganic and organic Se and their association on performance, meat quality, and physiological characteristics in broilers. 2880 1 day broilers Cobb- 500 strain were divided among 96 experimental boxes of 30 birds each. It was studied 12 experimental treatments in a factorial scheme of 4x3 (selenium levels of 0.15, 0.30, 0.45, 0.60 ppm and inorganic, organic source of selenium and their association), with 8 replicates in a completely randomized design. There was no interaction and no effect of levels and sources (p>0.05) on performance parameters. Significant difference was observed for sources and levels of selenium on cooking loss, which the the level of 0.15 ppm resulted in the highest loss and the organic source the lowest (p<0.05). The sources affected (p<0.05) drip loss after 24 hours, with lower values observed for the organic source. The drip loss after 48 hours for the organic source was significantly (p<0.05) lower than the inorganic source, and the association did not differ from the other sources. The levels and sources of selenium did not affect (p>0.05) pH and shear fource. There was an interaction of the factors studied for the brightness values of muscle pectoralis major, where the level of 0.15 ppm of inorganic source and the association of the sources resulted in higher values. The greater deposition of selenium in the breast meat of the broiler was observed with the supplementation of 0.60 ppm of selenium in the organic form (p<0.05). The deposition of selenium in the liver was significantly (p<0.05) higher for the levels of 0.45 and 0.60 ppm, and lower for the organic source. The use of inorganic source resulted in higher concentrations of selenium in the small intestine segments (jejunum, duodenum and ileum) independently of the supplemented level. The results reaffirm the necessity of the supplementation of 0.30 ppm. The organic source resulted in better indices of meat quality and carcass characteristics than the inorganic source. The association of the sources obtained intermediate results for meat quality among the other sources, but better results than the inorganic source were observed for physiological characteristics
O selênio (Se) é um nutriente essencial em dietas de frangos de corte e é uma prática comum na indústria avícola, suplementar dietas de frangos com selênio, porém existem dúvidas em relação a fontes e níveis para frangos de corte. O estudo foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos de níveis dietéticos de Se inorgânico e orgânico e a associação dessas fontes sobre o desempenho, qualidade de carne e características fisiológicas em frangos de corte. Foram utilizados 2880 pintos de corte de um dia de idade Cobb-500 distribuídos em 96 parcelas experimentais, com 30 aves cada, no sistema cama. Foram estudados 12 tratamentos experimentais no esquema fatorial 4 x 3, (níveis de selênio de 0,15; 0,30; 0,45; 0,60 ppm e fontes de selênio orgânica; inorgânica; associação das duas fontes), com 8 repetições no delineamento inteiramente casualizado. Não houve interação e nem efeitos dos níveis e das fontes (P>0,05) sobre os parâmetros de desempenho. Quanto às características físico-químicas da carne, houve efeito dos níveis e das fontes sobre a perda de peso por cozimento, sendo a maior para nível 0,15 ppm e a menor para a fonte orgânica (P<0,05). As fontes afetaram (p<0,05) a perda por gotejamento após 24 horas, sendo observados menores valores para a fonte orgânica. A perda por gotejamento após 48 horas para a fonte orgânica foi significativamente (p<0,05) menor que a fonte inorgânica, sendo que a associação não diferiu das outras fontes. Os níveis e fontes de selênio não influenciaram (p>0,05) no pH e na força de cisalhamento. Houve interação dos fatores para os valores de luminosidade do músculo pectoralis major, onde o nível de 0,15 ppm da fonte inorgânica e a associação das fontes resultaram em maiores valores. A maior deposição de Se na carne de peito das aves foi observada com a suplementação de 0,60 ppm de Se na forma orgânica (p<0,05). A deposição de selênio no fígado das aves foi significativamente (p<0,05) maior nos níveis 0,45 e 0,60, e menor (P>0,05) para a fonte inorgânica. O uso da fonte inorgânica resultou em maiores concentrações de Se nos segmentos do intestino delgado independente do nível suplementado. Os resultados reafirmam a necessidade da suplementação do nível de 0,30 ppm. A fonte orgânica resultou em melhores índices de qualidade de carne e características de carcaça que a fonte inorgânica. A associação das fontes indicou resultados intermediários para qualidade de carne, mas superiores à fonte inorgânica para características fisiológicas
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do curso de pós-graduação em Zootecnia, área de concentração nutrição de monogástricos, para obtenção do título de mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/818
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.