Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/819

Título: Avaliação de óleo de cravo e benzocaína como anestésicos para juvenis de tilápia nilótica
Autor(es): Costa, Leandro Santos
Orientador: Rosa, Priscila Vieira e
Coorientador(es): Ribeiro, Paula Adriane Perez
Membro da banca: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Okamura, Daniel
Área de concentração: Nutrição de monogástricos
Assunto: Oreochromis niloticus
Anestesia
Tempo de indução
Tempo de recuperação
Anesthesia
Induction time
Recovery time
Data de Defesa: 8-Out-2011
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Referência: COSTA, L. S. Avaliação de óleo de cravo e benzocaína como anestésicos para juvenis de tilápia nilótica. 2011. 53 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: Os experimentos foram conduzidos no laboratório de Nutrição de Peixes da Estação de Piscicultura da Universidade Federal de Lavras (UFLA) com o objetivo de avaliar o efeito das diferentes concentrações de benzocaína e de óleo de cravo na anestesia de tilápias nilóticas (Oreochromis niloticus). Foram utilizados 200 juvenis de tilápia, mantidos em período pré-experimental de quatro meses, num sistema de recirculação de água. Foram testadas cinco concentrações de benzocaína (60; 85; 110; 135; 160 mg/L) e cinco de óleo de cravo (60; 80; 100; 120; 140). Os experimentos foram conduzidos de maneira independente, em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (concentrações de anestésico) e 20 repetições (peixes). Os dados obtidos foram submetidos a anava e teste de regressão linear, optando-se pela equação que melhor se ajustou aos dados observados. Os procedimentos experimentais foram realizados em dois aquários de vidro, um contendo a solução anestésica e outro contendo água pura, com volume de 15 L cada. Cada peixe foi avaliado individualmente, registrando-se o tempo de anestesia e recuperação, bem como seus respectivos estágios. No geral, à medida que se aumenta a dosagem de ambos os anestésicos, o tempo de indução diminui. A maioria dos estágios de recuperação não foi afetada pela concentração do anestésico (P>0,05), porém, no estágio 1, quando a concentração da benzocaína aumenta, o período de retorno neste estágio também é maior (P<0,05). Já para o óleo de cravo, quanto maior a dose, menor o tempo de permanência dos animais no estágio 1 da recuperação. Após avaliação de todos os dados, notamos que não existem um anestésico ideal e uma dosagem única que podem ser utilizados para todos os tipos de manejo. No entanto, as dosagens de 135 mg/L de benzocaína e 120 mg/L de óleo de cravo podem ser utilizadas na maioria dos procedimentos anestésicos em tilápias nilóticas
The experiments were conducted in the Fish Nutrition Laboratory of the Fish Farming Station of the Federal University of Lavras (UFLA) in order to evaluate the effect of different concentrations of benzocaine and clove oil to anesthetize the Nile tilapia (Oreochromis niloticus). We used 200 juvenile tilapia that were maintained in a pre-trial period of four months in a water recirculation system. We tested five concentrations of benzocaine (60; 85; 110; 135; 160 mg/L) and five of clove oil (60; 80; 100; 120; 140). The experiments were conducted independently in a completely randomized design, with five treatments (anaesthetic concentrations) and 20 repetitions (fish). The data were submitted to ANOVA and linear regression test. We opted for the equation that best fitted the observed data. The experimental procedures were conducted in glass tanks two: one containing the anaesthetic and the other containing pure water, and the volume of water from each tank was 15 L. Each fish was individually evaluated, recording the duration of anaesthesia and recovery, as well as their respective stages. In general, with increasing dosage from both anaesthetics, the induction time decreases. Most stages of recovery was unaffected by the anaesthetic concentration (P> 0.05). However, in the first stage, when the concentration of benzocaine increases, the return period at this stage is also higher (P <0.05). As for the clove oil, the higher the dose, the lower the residence time of the animals in the first stage of the recovery. After evaluating all data, we found that there is not an ideal anaesthetic and a single dosage unit that may be used for all types of management. However, doses of 135 mg / L of benzocaine and 120 mg / L of clove oil can be used in most anaesthetic procedures in Nile tilapia
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras como parte das exigências do Curso de Doutorado em Zootecnia, área de concentração em Nutrição de Monogástricos, para obtenção do título de “Mestre”
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/819
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_ Avaliação de óleo de cravo e benzocaína como anestésicos para juvenis de tilápia nilótica.pdf383,12 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback