Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/821

Título: Viabilidade da glicerina bruta na alimentação de suínos em terminação
Autor(es): Melo, Diane Santos
Orientador: Cantarelli, Vinícius de Souza
Coorientador(es): Zangeronimo, Márcio Gilberto
Rodrigues, Paulo Borges
Souza, Raimundo Vicente de
Membro da banca: Faria, Peter Bitencourt
Abreu, Márvio Lobão Teixeira de
Ferreira, Rony Antônio
Área de concentração: Nutrição de Monogástricos
Assunto: Biodiesel
Glicerol
Metabolismo
Qualidade da carne
Glycerol
Metabolism
Meat quality
Data de Defesa: 16-Dez-2011
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de desenvolvimento científico e tecnológico (CNPq)
Referência: MELO, D. S. Viabilidade da glicerina bruta na alimentação de suínos em terminação. 2011. 106 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: Foi conduzido um experimento com os objetivos de avaliar os efeitos de níveis crescentes de glicerina bruta na alimentação de suínos em terminação sobre o desempenho, qualidade da carcaça e da carne e viabilidade econômica, para isso foram utilizados 30 suínos machos castrados e 30 fêmeas (peso inicial de 79,3 ± 4,0 kg). Para o desempenho foi determinado o ganho de peso diário (GPD); consumo de ração diário (CRD) e conversão alimentar (CA). Para a viabilidade econômica foi determinada a receita bruta (RB) e líquida (RL); custo total (CT) e rentabilidade (RENTAB). Foi utilizado DBC com cinco tratamentos que consistiram da inclusão de 50, 100, 150 e 200 g/kg de glicerina bruta e um tratamento controle (dieta sem glicerina), seis repetições e dois animais por unidade experimental (um macho castrado e uma fêmea). As análises feitas para a qualidade da carcaça foram o rendimento da carcaça quente (RCQ); perda de líquido da carcaça resfriada (PCR); rendimento de carne na carcaça resfriada (RCCR); espessura de toucinho (ET) e área de olho de lombo (AOL) e para qualidade da carne analisou-se as características físico-químicas e bromatológicas dos músculos Longissimus dorsi e Semimembranosus. O delineamento utilizado foi DBC, em esquema fatorial 2 x 4 + 2, sendo duas categorias sexuais (macho castrado e fêmea), quatro níveis de inclusão de glicerina bruta (50, 100, 150 e 200 g/kg) e dois tratamentos sem glicerina, totalizando dez tratamentos com seis repetições e a unidade experimental representada por cada carcaça. Houve efeito quadrático (P<0,05) para GPD e CA. As fêmeas apresentaram médias maiores (P<0,05) para RCCR e AOL e menor ET do que os machos. O RCCR foi maior (P<0,05) e ET menor (P<0,05), quando o nível de 50g/kg foi comparado ao controle. Entretanto, ao comparar o nível de 200g/kg, a AOL foi menor (P<0,05) do que o grupo controle. Houve redução linear (P<0,05) da AOL com o aumento dos níveis de glicerina. Para viabilidade econômica a RB, RL e RENTAB houve efeito quadrático (P<0,05). Para qualidade da carne, houve interação (P<0,05) entre machos e glicerina para o teor de vermelho e cinzas no pernil. Os machos apresentaram maior (P<0,05) teor de ET no pernil e no lombo quando comparados às fêmeas. No pernil, o teor protéico das fêmeas foi maior (P<0,05) do que os machos. No lombo, verificou-se que os animais da dieta controle obtiveram maior (P<0,05) teor protéico do que os de 100g/kg de glicerina e o pH final dos machos foi maior (P<0,05) do que das fêmeas. Conclui-se que níveis próximos de 100g/kg de glicerina bruta na ração de suínos em terminação é o recomendável. Níveis crescentes de glicerina bruta, a partir de 150 g/kg comprometem negativamente os parâmetros analisados, sendo o pior nível o de 200 g/kg
An experiment was conducted with the objective to evaluate the effects of increasing levels of crude glycerine in the diet for finishing pigs on performance, carcass and meat quality and economic viability, for it were used 30 barrows and 30 females (initial weight 79.3 ± 4.0 kg). For the performance was determined average daily gain (ADG), daily feed intake (DFI) and feed conversion (FC). For the economic viability was determined the gross revenue (GR) and net revenue (NR), total cost (TC) and profitability (PROFIT). The randomized block design was used (initial weight), with five treatments that consisted of inclusion 50, 100, 150 and 200 g/kg of crude glycerine and a control treatment (diet without glycerine), six replicates and two animals per experimental unit (a barrow and a female). The analyzes for carcass quality were hot carcass yield (HCY); loss of liquid from chilled carcass (LLCC); yield of chilled carcass meat (YCCM), backfat thickness (BT) and ribeye area (REA) and for quality meat was analyzed the physico-chemical and bromatological characteristics of Longissimus dorsi and Semimembranosus. The experimental design was a randomized block (initial weight) in a factorial 2 x 4 + 2, being two sex categories (barrow and female), four levels of inclusion crude glycerine (50, 100, 150 and 200 g/kg ) and two treatments without glycerine, a total of ten treatments with six replications and experimental unit represented by each carcass. There was a quadratic effect (P<0.05) for ADG and FC. Females showed higher average (P<0.05) for YCCM and REA and lower BT than the barrows. The YCCM was higher (P<0.05) and BT lower (P<0.05), when the level of 50g/kg was compared to the control group. However, when comparing the level of 200g/kg, REA was lower (P<0.05) than the control group. There was a linear decrease (P<0.05) of REA with increased glycerine levels. For economic viability GR, NR and PROFIT there was a quadratic effect (P<0.05), being the worst level of 200 g/kg. For meat quality, there was an interaction (p<0.05) between barrows and glycerine for the red and gray content in the ham. Barrows had higher (P<0.05) BT level in the ham and loin compared to females. In the ham, the protein content of female pigs was higher (p<0.05) than the barrows. In the pork loin, it was found that the animals in the control diet had higher (p<0.05) protein content than 100g/kg of crude glycerine and the final pH of barrows was higher (p<0.05) than that female pigs. It was conclude that levels around 100g/kg of crude glycerine in diets for finishing pigs is recommended. Increasing levels of crude glycerine, from 150 g/kg, although increasing HCY undertake negatively the analyzed parameters, being the worst level of 200 g/kg
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração em Nutrição de Monogástricos, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/821
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_ Viabilidade da glicerina bruta na alimentação de suínos em terminação.pdf510,52 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback