Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/829
Título: Fenologia e produção de cultivares de amoreiras (Rubus spp.) em região de clima tropical de altitude com inverno ameno
Autor : Curi, Paula Nogueira
Primeiro orientador: Pio, Rafael
Primeiro membro da banca: Alvarenga, Ângelo Albérico
Gonçalves, Emerson Dias
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Amora - Qualidade
Competição varietal
Fenologia vegetal
Varietal competition
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Referência: CURI, P. N. Fenologia e produção de cultivares de amoreiras (Rubus spp.) em região de clima tropical de altitude com inverno ameno. 2012. 59 p. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: O Sul do Estado de Minas Gerais detém o maior polo produtor de morango do país, onde estão inseridos aproximadamente 2.000 ha em cultivo. Devido à estrutura produtiva e organização dos produtores de morangueiro dessa região no Estado, a inserção de cultivares promissoras de amoras poderia oferecer uma nova alternativa de renda para a agroindústria familiar sul mineira e ainda criar um novo polo de produção dessa frutífera no país. Com isso, objetivou-se avaliar a fenologia e produção de cultivares de amoreiras (Rubus spp.) em região de clima tropical de altitude com inverno ameno. Para atingir tais objetivos, um ensaio de competição de 10 cultivares de amora-preta (sem espinhos: ‘Arapaho’, ‘Xavante’ e ‘Ébano’; com espinhos: ‘Comanche’, ‘Caingangue’, ‘Choctaw’, ‘Tupy’, ‘Guarani’, ‘Brazos’ e ‘Cherokee’) e amora-vermelha foi instalado no município de Lavras-MG em 2009, na qual avaliou-se os cilcos produtivos 2010/11 e 2011/12 . As cultivares de amora-preta apresentam ciclo produtivo entre 66 e 133 dias e amora-vermelha 283 dias, sendo que na amoreira-preta as colheitas se iniciam em setembro e estende-se até janeiro. As cultivares Brazos, Guarani e Tupy possibilitaram a produção de frutos de maior massa, porém a maior produtividade estimada foi registrada com a ‘Brazos’, mais promissora para regiões subtropicais. ‘Cainguangue’ e ‘Tupy’ apresentaram bom equilíbrio entre os sólidos solúveis totais e a acidez. A amoreira-vermelha apresentou boa produção de frutos e demonstrou-se uma excelente opção para o processamento
The south of the state of Minas Gerais presents the greatest berry-growing center in the country, where are inserted about 2,000 ha in cultivation. Due to the productive structure and berry growers’ organization of that region in the state, the insertion of promising berry cultivars could offer a new alternative income to the South of Minas Gerais familiar farming and to create a new berry-growing in the country. From that, it was aimed to evaluate phenology and production of blackberry cultivars (Rubus spp) in region of high altitude tropical climate with mild winter. To reach such purposes, a trial of competition of 10 blackberry cultivars (thornless: ‘Arapaho’, ‘Xavante’ and ‘Ébano’; with thorns: ‘Comanche’, ‘Caingangue’, ‘Choctaw’, ‘Tupy’, ‘Guarani’, ‘Brazos’ and ‘Cherokee’) and redberry was established in the town of Lavras-MG in 2009 in which the 2010/11 and 2011/12 production cycles. The blackberry cultivars present production cycle between 66 and 133 days and 283 days in redberry with the collection starting in late September and extending to January. Brazos, Guarani and Guarani cultivars enabled the production of higher mass fruits, however, ‘Brazos’ presented the highest yield estimated, most promising subtropical areas. ‘Caingangue’ and ‘Tupy’ presented good balance between the soluble solids and acidity. The redberry presented high fruit yield and proved an excellent option for processing
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/829
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.