Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/855
Título: Diversidade de fungos micorrízicos arbusculares em diferentes fitofisionomias do Pantanal da Nhecolândia, MS
Autor : Gomide, Plínio Henrique Oliveira
Primeiro orientador: Silva, Marx Leandro Naves
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Soares, Cláudio Roberto Fonsêca Sousa
Primeiro membro da banca: Cardoso, Evaldo Luis
Carneiro, Marco Aurélio Carbone
Pereira, José Aldo Alves
Área de concentração: Manejo e Conservação do Solo e da Água
Palavras-chave: Pantanal
Fitofisionomia
Pastagem nativa
Fungo micorrízico arbuscular
Arbuscular mycorrhizal fungi
Vegetation type
Native pasture
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: GOMIDE, P. H. O. Diversidade de fungos micorrízicos arbusculares em diferentes fitofisionomias do Pantanal da Nhecolândia, MS. 2013. 128 p. Tese. (Doutorado em Manejo e Conservação do Solo e da Água)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: O Pantanal é uma das maiores extensões úmidas contínuas do planeta, caracterizado por estações de seca e cheia, solos de baixa fertilidade, e a principal atividade econômica da região é a pecuária de corte. Contudo, a busca por aumentos de produtividade e maior competitividade dessa atividade tem levado a desmatamentos para a implantação de pastagens, despertando preocupações quanto à sustentabilidade dos sistemas de produção no Pantanal. Nesse contexto, os fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) desempenham papel fundamental na manutenção dos ecossistemas e sofrem influência de diversos fatores antrópicos, como o uso da terra, que modificam a estrutura e a diversidade das comunidades, podendo comprometer suas funções ecológicas. Considerando a importância ecológica, devido às suas peculariedades e à riqueza de espécies, no Pantanal muito pouco se conhece sobre a comunidade de FMAs. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a ocorrência e a riqueza de espécies de FMAs em diferentes fitofisionomias e pastagens nativas e sua relação com as características químicas e físicas do solo do Pantanal, na sub-região da Nhecolândia, MS. Para tanto, foi conduzido um estudo em diferentes fitofisionomias, respresentadas por: floresta semidecídua; cerradão; cerrado/campo cerrado; campo limpo com predominância de Elionorus muticus; campo limpo com predominância de Axonopus purpusii e Andropogon spp; borda de baía; vazante e baixadas, e também em pastagens nativas situadas em três diferentes gradientes topográficos, sob pastejo contínuo e vedadas, caracterizadas por predomínio de Mesosetum chaseae, Axonopus purpusii e Hymenachne amplexicaulis. Foram avaliadas a abundância e a riqueza de FMAs, além das características químicas e físicas do solo. Nas fitofisionomias foram verificadas 38 espécies distintas de FMAs. O Cerradão e o Campo Cerrado foram as fitofisionomias que apresentaram maior abundância e riqueza de espécies. Por outro lado, na floresta semidecídua, elas foram baixas. Nestes ambientes, os atributos químicos do solo influenciaram a separação dos ambientes e a ocorrência das espécies de FMAs. Nas pastagens nativas verificaram-se 31 espécies de FMAs. A abundância e a riqueza de espécies de FMAs variaram de acordo com as características físicas do solo, bem como as espécies de pastagens, sendo maior em Axonopus purpussi vedada e muito reduzida em Hymenachne amplexicaulis vedada e pastejada. O levantamento realizado fornece informações importantes para um melhor conhecimento da biodiversidade do solo no bioma Pantanal, considerado, pela UNESCO, como reserva da biosfera e ecossistema ainda bastante conservado.
The Pantanal is one of the largest expanses continuous humid of the planet, characterized by dry and wet seasons, low fertility soils and its main economic activity is beef cattle. However, the search for increased productivity and greater competitiveness of this activity has led to deforestation for pasture establishment, raising concerns about the sustainability of production systems in the Pantanal. In this context, the arbuscular mycorrhizal fungi (AMFs) play a fundamental role in maintaining ecosystems and are influenced by various anthropogenic factors such as land use, which modify the structure and diversity of communities, which can compromise its ecological functions. Considering the ecological importance due to its peculiarities and richness species in the Pantanal, very little is known about the community of AMFs. The objective of this study was to evaluate the occurrence and richness species of AMFs in different vegetation types and native pastures and its relation with the physical and chemical characteristics of the Pantanal soil, in the subregion Nhecolândia, MS. Therefore, a study was conducted in different vegetation types, represented by semideciduous forest, cerrado, cerrado/field cerrado; clean field with predominantly Elionorus muticus; clean field with predominantly Axonopus purpusii and Andropogon spp; bay border; ebbing and lowlands, and in native pastures located in three different topographic gradients, under continuous grazing and sealed, characterized by a predominance Mesosetum chaseae, Axonopus purpusii and Hymenachne amplexicaulis. The abundance and richness of AMFs were evaluated, beyond the physical and chemical characteristics of the soil. In vegetation types were observed 38 different AMFs species. The Cerrado and Field Cerrado were vegetation types that presented higher abundance and richness species. In other hand in semideciduous forest were low. In these environments the soil chemical properties influenced the separation of environments and the occurrence of AMFs species. In native pastures was found 31 species of AMFs. The abundance and richness species of AMFs varied according to the physical soil characteristics, as well as the pastures species, higher in Axonopus purpussi fenced and very low in Hymenachne amplexicaulis fenced and grazed. The survey provides important information for a better understanding of soil biodiversity in the biome Pantanal, considered by UNESCO as a Biosphere reserve and ecosystem still quite conserved.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, área de concentração em Manejo e Conservação do Solo e da Água, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/855
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE Diversidade de fungos micorrízicos arbusculares em diferentes fitofisionomias do Pantanal da N.pdf929,8 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.