Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Ecologia Aplicada - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/861

Title: Scarabaeinae como modelo para avaliação do funcionamento do ecossistema amazônico
???metadata.dc.creator???: Braga, Rodrigo Fagundes
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Louzada, Júlio Neil Cassa
???metadata.dc.contributor.referee1???: Ribas, Carla Rodrigues
Berg, Eduardo van den
Olavarrita, Alberto José Arab
Neves, Frederico de Siqueira
???metadata.dc.description.concentration???: Ecologia e Conservação de Recursos em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas
Keywords: Besouro coprófago
Floresta Amazônica
Função ambiental
Grupo funcional
Índice de diversidade funcional
Rola-bosta
Coprophagous beetle
Indexe of functional diversity
Amazon rainforest
Environmental function
Functional group
Dung beetle
???metadata.dc.date.submitted???: 27-Feb-2013
Issue Date: 2013
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Citation: BRAGA, R. F. Scarabaeinae como modelo para avaliação do funcionamento do ecossistema amazônico. 2013. 159 p. Tese. (Doutorado em Ecologia e Conservação de Recursos em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
???metadata.dc.description.resumo???: A Floresta Amazônica é um dos biomas mais importantes do nosso planeta, e isso se deve não só à sua mega biodiversidade, mas também à sua capacidade em prover bens e serviços ecossistêmicos importantes, com grande valor econômico e social. Apesar da sua importância, a Amazônia vem sofrendo com o avanço das atividades humanas, entre elas podemos destacar a produção de grãos e a criação de gado. Com isso, várias funções ambientais executadas pelos diversos organismos são perdidas ou alteradas substancialmente. Muito pouco se sabe sobre as características das espécies e do ambiente que podem influenciar a execução de determinadas funções ecológicas. O objetivo desse trabalho foi tentar entender o que ocorre com as funções ambientais executadas pelos escarabeíneos em quatro diferentes sistemas de uso do solo na Amazônia (floresta primária, floresta secundária, pastagem e agricultura mecanizada) e tentar explicar quais fatores da comunidade de escarabeíneos e do ambiente são responsáveis pela realização dessas funções. As funções ambientais avaliadas (remoção de fezes, dispersão de sementes e revolvimento de solo), no geral se correlacionam em áreas de floresta primária, mas com a transformação do habitat em sistemas mais simples essa correlação é perdida. Nossos resultados permitem afirmar que os índices de diversidade funcional comumente citados na literatura (FDc, FRic, FEve, FDiv, FDis) não são muito eficientes em predizer a magnitude das funções ambientais. Outro parâmetros da comunidade como o grupo funcional (GF) é mais eficiente para explicar a realização das funções. Os GFs superam também o poder de explicação da riqueza, biomassa e abundância, que se mostraram relevantes apenas quando consideramos essas características dentro do grupo funcional. Acreditamos que o desenvolvimento e aprimoramento de técnicas, que sejam capazes de mensurar de maneira mais precisa as funções ambientais, são de extrema importância para contrapor seus resultados com os índices de diversidade funcional e assim criar uma forma mais precisa de avaliar a funcionalidade dos sistemas. Mostramos também, que o resultado das funções, além de ser influenciada pelas ações dos besouros, sofre também interferência direta e indireta de algumas variáveis ambientais. Dessa forma, essas variáveis não podem deixar de ser consideradas quando o foco do trabalho é a avaliação das funções ambientais executadas por um grupo de organismos. Entender a interação entre uma gama de variáveis em sistemas naturais é um trabalho complexo e deve ser avaliado com cautela. Nem todas as variáveis que poderiam influenciar o nosso modelo foram mensuradas, mesmo assim, obtivemos valiosos resultados que nos indicam como pode se comportar a realização de algumas funções ambientais sob a influência do meio ambiente e suas interações com as comunidades naturais.
The Amazon rainforest is one of the most important biomes of our planet, and this is due not only to its mega biodiversity, but also to its ability to participate and maintain important ecosystemic goods and services, with great economic and social values. Despite its importance, the Amazon has been suffering with the increasing of human activities in this region; among them, we can highlight the production of grains and cattle livestock. Following the forest replacement by agricultural activities many environmental functions carried out by organisms are lost. The characteristics of the species and the environment that can influence the fulfilment of certain functions are little known. The goal of this work was to try to understand what happens with the environmental functions carried out by scarabaeidae in four different land use systems in the Amazon rainforest (primary forest, secondary forest, pasture and mechanized agriculture), and try to explain which factors of the Scarabaeidae community and of the environment are responsible for the fulfilment of these functions. The environmental functions evaluated (feces removal, seed dispersal and soil tillage), are, in general, correlated in areas of primary forest, but with the transformation of the habitat in more simple systems, this correlation is lost. Our results suggests that the indexes of functional diversity commonly cited in the literature (FDc, FRic, FEve, FDiv, FDis) are not very efficient in predicting the magnitude of environment functions. Another parameter of the community such as the functional groups (FG) was the most efficient to explain the fulfilment of the functions. The FGs also overcome the explanatory power of richness, biomass and abundance, which demonstrated to be relevants only when considered inside the functional groups. We believe that the development and improvement of some techniquess able to measure accurately the environmental functions, are extremely important to compare the results of the functional diversity indexes in order to create a more accurate way to assess the functionality of the systems. We also show that the result of the functions, besides being influenced by beetles activity, endures direct and indirect interference of some environmental variables. Though, these variablesshould always be considered when the focus of the work is the evaluation of environmental functions carried out by a group of organisms. Understanding the interaction between a range of variables in natural systems is a complex trade and should be evaluated with caution since not all variables that could influence our model were measured. Even so, we could obtain valuable results that indicate us how some functions can be carried out underthe environmental influence and their interactions with natural communities.
Description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada, área de concentração em Ecologia e Conservação de Recursos em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/861
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Ecologia Aplicada - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Scarabaeinae como modelo para avaliação do funcionamento do ecossistema amazônico.pdf1.73 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback