Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/8798

Título: Mercado local, produção familiar e desenvolvimento: estudo de caso da feira de Turmalina, Vale do Jequitinhonha, MG
Título Alternativo: Local market, family production and development: a case study of the Turmalina Fair, Vale do Jequitinhonha, MG
Autor(es): Angulo, José Luis Gutiérrez
Assunto: Agricultura familiar
Renda
Espaço social
Feira livre
Comercialização
Family agriculture
Income
Social space
Free fair
Commercialization
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 18-Abr-2011
Referência: ANGULO, J.L.G. Mercado local, produção familiar e desenvolvimento: estudo de caso da feira de Turmalina, Vale do Jequitinhonha, MG. Organizações Rurais e Agroindustriais, Lavras, v. 5, n. 2, p. 96-109, jul./dez. 2003.
Resumo: Os programas de desenvolvimento atuais precisam ampliar seus trabalhos de assistência para as populações mais carentes na forma de alternativas concretas em campos de ação muito localizados. Este é o caso das feiras livres agrícolas de agricultores familiares. Estas feiras são o principal vínculo comercial que o produtor tem com a sociedade dos centros urbanos e que lhe permitem a obtenção de uma renda para sua família. Assim, este trabalho analisa a dinâmica da feira dos agricultores familiares do município de Turmalina, Alto Jequitinhonha, MG. Ao analisar a problemática dos produtores feirantes e seu relacionamento com outros atores sociais, procura-se compreender os “alcances” da feira em termos econômicos, ou seja, a força de trabalho utilizada e as formas de construção de renda para este mercado local. Uma parte fundamental da pesquisa foi identificar os espaços de reprodução social e cultural das famílias que participam da feira, assim como o desempenho e participação dos membros da unidade familiar na sua organização produtiva.
Abstract: Development programs need to broaden their assistance works so as to reach the poorer population in the shape of concrete alternatives in very localized action fields. This is the case of the free agri-fairs by family agriculturists. Such fairs come to be the main commercial link between the producer and the urban center society which allows him to fare income to his family. Thus, this paper analyses the dynamic familyagriculturists’ fair in Turmalina town., Alto Jequitinhonha, MG. When analysing the problematic of producers in the fair and their relationship with other social agents, one seeks to understanding the reach of the fair in economical terms, that is, the workforce used and the forms of income-building to this local market. A fundamental part of the research consists of identifying the spaces of social and cultural reproduction of the families that participate in the fair, was well as the performance and participation of members of the family unit in its productive organization.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/242
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback