Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/8843

Title: As estratégias de reprodução de sitiantes no oeste de Minas Gerais e de colonos no sudoeste do Paraná
???metadata.dc.creator???: Azevedo, Paulo Roberto
Colognese, Silvio Antônio
Shikida, Pery Francisco Assis
Keywords: Estratégia
Reprodução
Agricultura familiar
Strategy
Reproduction
Family agriculture
Publisher: Organizações Rurais & Agroindustriais
???metadata.dc.date???: 18-Apr-2011
Citation: AZEVEDO, P. R.; COLOGNESE, S. A.; SHIKIDA, P. F. A. As estratégias de reprodução de sitiantes no oeste de Minas Gerais e de colonos no sudoeste do Paraná. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 2, n. 2, jul./dez. 2000.
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo procura analisar as estratégias de reprodução dos agricultores familiares, por meio das evidências semelhantes encontradas em duas comunidades rurais. Os processos produtivos e reprodutivos são simultâneos e a contínua reconversão de parte da produção em novos meios recria as condições sociais e culturais da existência do agricultor. O esforço reprodutivo se revela quando se observa como é organizado o trabalho em família, como se elege seu sucessor, como ocorre o crescimento patrimonial e como conquistam novas atividades agrícolas e não agrícolas que os melhorem financeiramente. O trabalho se inicia apresentando o referencial teórico e bibliográfico utilizado na análise do problema estudado. Depois, apresenta as estratégias de reprodução que aparecem em ambos os casos. Percebeu-se uma dinâmica divisão do trabalho familiar, mas fixa quanto à relevância econômica da atividade e condicionada pelo critério homem/dinheiro e mulher/sustento. Foram similares os modos como preparam o seu sucessor e como se utilizaram da aquisição de terra para ajustar a herança. A poupança se apresentou na forma de gado para os sitiantes, sendo que, historicamente, o suíno teve o mesmo papel para os colonos. A migração e a pluriatividade apareceram como instrumentos fundamentais do crescimento patrimonial de jovens adultos. Também, em ambos os casos, apareceu a figura do negociante rural sendo executado por um membro da comunidade. Portanto, as estratégias de reprodução se mostraram semelhantes ao desenvolvimento da unidade de exploração familiar, resultado de conflitos e alianças, pressões internas e externas que agiram sobre si, num esforço de auto-exploração e auto-reprodução.
Abstract: This piece of study puts forward an analysis on the repoduction of family-agriculturists by means of the similar evidences found in two rural communities. Both the productive and the reproductive processes are simultaneous, and the continuous re-conversion of part of the production into new means re-creates the social and cultural conditions for the agriculturists’existence. The reproductive effort comes to the fore when one observes how family work is organized, how its successor is elected, how the estate growth occurs, and how they get to new agricultural or non-agricultural activities which will lead them to a financial improvement. This work starts off by presenting the theorical and book references used in the analisys of the studied problem. Later on, it will also present the reproduction strategies which are common features in both cases. A dynamic sharing of roles in family work was noticed, although it showed to be steady as far as the economic relevance of the activity is concerned, as it turns out to be restricted by the man/money and woman/house-caring criterium. The way they prepare their successors showed to be similar, as well as was how they use land acquisition to adjust heritage. Savings also feature in the form of cattle for the small land owners, whereas, historically speaking, swines play the same role for the farmhands. Migration and pluriactivity also showed up as fundamental tools for the expansion of the patrimony of young adults.also, in both cases, came the rural dealer figure performed by a community member. Therefore, the reproduction strategies prove to be similar in the process of development of the family - exploitation unit , resulting from conflicts and alliances, external and internal pressures which acted on themselves, in an effort to auto-exploit and auto-reproduce.
Other Identifiers: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/280
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:Organizações Rurais & Agroindustriais

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback