Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/8855
metadata.ojs.dc.title: Competitividade do leite no Mercosul: o caso de Minas Gerais e Argentina
metadata.ojs.dc.creator: Reis, Maria Helena Vilhena
Reis, Ricardo Pereira
Reis, Antônio João dos
metadata.ojs.dc.subject: Competitividade
Leite
Mercosul
metadata.ojs.dc.publisher: Organizações Rurais & Agroindustriais
metadata.ojs.dc.date: 1-Feb-2001
metadata.ojs.dc.identifier.citation: REIS, M. H. V.; REIS, R. P.; REIS, A. J. dos. Competitividade do leite no Mercosul: o caso de Minas Gerais e Argentina. Cad. Adm. Rural, Lavras, v. 10, n. 1. jan./jun. 1998.
metadata.ojs.dc.description.resumo: A cadeia agroindustrial brasileira do leite é uma das mais sensíveis à integração do Mercosul, pois abre um mercado em situação de igualdade para países com diferentes condições de produção e produtividade. Para avaliar a competitividade do leite produzido no Sul/Sudeste de Minas Gerais em relação ao importado da Argentina, foram comparados os custos de produção do leite sob diferentes sistemas de produção. Procedeu-se o cálculo do Coeficiente de Proteção Nominal (CPN) do leite, variável econômica utilizada para medir a competitividade do produto. O resultado do CPN maior que um revela que só é vantajoso importar leite da Argentina quando o que vem de Minas Gerais for produzido com baixa tecnologia. Já o leite mineiro de produtores de alta tecnologia pode competir com o produto importado da Argentina, como indica o coeficiente CPN menor que um.
metadata.ojs.dc.identifier: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/136
metadata.ojs.dc.language: por
Appears in Collections:Organizações Rurais & Agroindustriais

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.