Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/8865

Título: Uso da estrutura de capital por empresas agroindustriais
Título Alternativo: The use of capital structure by agribusiness companies
Autor(es): Oliveira, Letícia de
Antonialli, Luiz Marcelo
Assunto: Estrutura de capital
Financiamento
Agroindústria
Agricultural industries
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 18-Abr-2011
Referência: OLIVEIRA, L. de; ANTONIALLI, L. M. Uso da estrutura de capital por empresas agroindustriais. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 6, n. 2, jul./dez. 2004.
Resumo: O objetivo do trabalho foi identificar e caracterizar as empresas agroindustriais em relação ao uso da teoria de estrutura de capital para sua atividade financeira. A estrutura de capital apresenta-se como de grande importância, envolvendo investimentos e financiamentos (capital de terceiros e próprio). Metodologicamente, a pesquisa foi caracterizada como descritiva conclusiva, por meio de uma amostra intencional de 69 empresas agroindustriais do sul de Minas Gerais. Buscou-se conhecer as características quanto a constituição do capital próprio e de terceiros, em função de suas operações de investimentos e financiamento. Os resultados demonstraram que, de modo geral, a ação da estrutura de capital em gerar valor para a empresa não tem sido aplicada. A sua utilização pela maioria das empresas está relacionada a mudar a estrutura de capital pela taxa média de retorno. Portanto, as empresas estão preferindo trabalhar com capital próprio em relação ao capital de terceiros, pois consideram que o custo de capital dos empréstimos existentes no mercado esteja alto. Assim, as decisões financeiras estão mais relacionadas às oportunidades de investimento do que com a combinação ótima de capital próprio ou capital de terceiros.
Abstract: The objective of the work was to identify and characterize the agribusiness companies concerning the use of the theory of capital structure for its financial activity. The capital structure is one of great importance, involving both investments and financings (both the capital of external parties' and their own). Methodologically, the research was characterized as descriptive conclusive, through an intentional sample of 69 agribusiness companies in the south of Minas Gerais. The objective was to know the characteristics as to the constitution of their own capital and that of external parties, in function of its investments and financing operations. The results showed that, in general, the action of the capital structure in generating values for the company has not been applied. Its use by most of the companies is related to the change of the capital structure through the medium rate of return. Therefore, the companies will rather work with their own capital in relation to the external capital, because they consider that the cost of capital of the existing loan policies in the market is high. Thus, the financial decisions are more related to investment opportunities than to the optimum combination of their own capital or the external capital.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/225
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback