Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/8915

Título: Ser competitivo sem deixar de ser cooperativo: proposta de análise sistêmica para o dilema das cooperativas
Título Alternativo: Being competitive without ceasing to be cooperative: a sistemic analysis proposal for the dilemma cooperatives face
Autor(es): Holf, Débora Navar
Binotto, Erlaine
Padilha, Ana Claudia Machado
Assunto: Cooperativa
Empreendedorismo social
Cultura
Conhecimento
Cooperação
Cooperative
Social entrepreneurship
Culture
Knowledge
Cooperation
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 1-Jan-2009
Referência: HOLF, D. N.; BINOTTO, E.; PADILHA, A. C. M. Ser competitivo sem deixar de ser cooperativo: proposta de análise sistêmica para o dilema das cooperativas. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 11, n. 1, 2009.
Resumo: As adversidades têm, geralmente, a capacidade de gerarem comportamentos que agregam indivíduos. O objetivo deste ensaio é propor uma estrutura analítica usando as abordagens do empreendedorismo social, a cultura, o conhecimento e a cooperação, para tratar, de forma sistêmica, o dilema da competitividade para cooperativas agrícolas. O entendimento dessa estrutura é que o empreendedorismo social, que sustenta organizações como as cooperativas, trazem consigo elementos de cultura, conhecimento e postura cooperativa que tendem a influenciar o desempenho da organização através de sua presença nos demais fatores internos. A concepção básica de uma organização cooperativa é o seu diferencial mais importante, pois pressupõe que a finalidade do sistema seja maior do que apenas as de cunho econômico-financeiro. Enquanto as organizações, em geral, precisam construir um sistema de valores que incorpore aspectos sócio-ambientais em sua estrutura, organizações cooperativas são estruturadas sobre um sistema de valores desse tipo.
Abstract: Adversities, generally, have the capacity to generate behaviors that aggregate people. The objective of this work is to propose an analytical structure, using approaches such as social entrepreneurship, culture, knowledge and cooperation, to treat systematically the competitiveness dilemma that agricultural cooperatives face. The premise of this structure is that the social entrepreneurship that supports organizations such as agricultural cooperatives brings together culture, knowledge and a cooperative stance, which tend to influence the performance of the organization through their presence in its other internal factors. The basic concept of a cooperative organization is its most important differentiating factor because it presupposes that the purpose of the system is not merely financial. While organizations in general need to build value systems that incorporate social-environmental concerns in their structure, cooperative organizations are built on this kind of value system.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/67
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback