Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9002

Título: Desempenho de cooperativas: o caso de uma cooperativa de crédito rural
Título Alternativo: Perfomance of cooperatives: the case of a rural credit cooperative
Autor(es): Meurer, Simplício
Marcon, Rosilene
Assunto: Teoria da agência
Cooperativas
Desempenho
Agency theory
Cooperatives
Performance
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 6-Abr-2011
Referência: MEURER, S.; MARCON, R. Desempenho de cooperativas: o caso de uma cooperativa de crédito rural. Organizações Rurais e Agroindustriais, Lavras, v. 9, n. 3, p. 334-348, 2007.
Resumo: Cooperativa é uma forma organizacional, de propriedade coletiva e que obedece a uma série de princípios universais, norteadores das ações da administração. A incompleta separação entre propriedade e controle e o difícil acesso aos resíduos gerados, resultam em problemas específicos e dificultam a ação dos gestores. O presente artigo, pelas lentes da Teoria da Agência, discute a relação entre o desempenho de uma forma organizacional que, por força de princípios precisa atuar no desenvolvimento social e ao mesmo tempo manter-se viável economicamente ao competir com organizações com orientação para o mercado e com as expectativas de seus associados. Desenvolveu-se um questionário que foi aplicado a associados de uma cooperativa de crédito rural. As respostas foram tratadas com análise fatorial, onde identificaram-se fatores de interesse dos associados. Eles foram comparados com o desempenho da cooperativa. Concluiu-se de que o associado espera por retorno sobre o capital social aplicado na cooperativa, ao mesmo tempo em que espera um serviço de qualidade superior ou a um preço inferior ao do mercado. Percebe-se que há motivação mista nas expectativas dos associados, que atuam sob a lógica de investidor e usuário. A cooperativa, conforme o desempenho identificado, mostra evolução significativa nos indicadores o que permite deduzir o atendimento das expectativas.
Abstract: Cooperative is an organizational form of collective property which obeys a series of universal principles for leading the administration. The incomplete separation between property and control and the difficult access to the generated residues result in specific problems and hinder managerial action. The present article, according to the Theory of the Agency, discusses relation between the performance of an organizational form that, by means of the power of the principles need to act into the social development whereas keeping itself economically viable when competing with market oriented organizations and with the expectations of their associates. A questionnaire was developed and applied to the associates of a rural credit cooperative. The answers were treated according to the factorial analysis, which identified associates interest factors. Those factors of interest were compared with the cooperative performance. It was concluded that the associate expects the return on the social capital applied in the cooperative together with a superior quality service, or at an inferior market price. It is understood that there is mixed motivation in the associates expectations, which acts under investor and user logic. The cooperative, according to the identified performance, has shown significant evolution in the indicators that allows deducing the expectations attendance.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/100
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback