Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9156

Título: A cultura no contexto dos estudos organizacionais: breve estado da arte
Autor(es): Carrieri, Alexandre de Pádua
Assunto: Cultura nas organizações
Teoria das organizações (TO)
Estudos organizacionais (EO)
Culture in the Organizations
Organizational Theory (OT)
Organizational Studies (OS)
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 1-Jan-2002
Referência: CARRIERI, A. de P. A cultura no contexto dos estudos organizacionais: breve estado da arte. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 4, n. 1, 2002.
Resumo: O presente trabalho busca refletir sobre as pesquisas de cultura nas organizações. Com a passar do tempo pôde-se observar que, nos estudos organizacionais, assim como na teoria das organizações, constitui-se um grande mosaico de pesquisas sobre cultura que se pode verificar na quantidade de autores que escrevem sobre o tema. É a respeito a essa poluição simbólica e proliferação de estudos organizacionais sobre cultura que diversos autores realizam suas críticas. No Brasil, os trabalhos e pesquisas sobre cultura ganharam notoriedade no final dos anos 1980 e no começo dos anos 1990. Fischer & Mac-Allister (2001) relatam que, dos estudos realizados sobre cultura nas organizações, poucos tentaram assumir o desafio de associar cultura brasileira e cultura organizacional brasileira. Por fim, como aponta Denison (1996), as pesquisas sobre cultura estariam abandonando o estudo da realidade social e organizacional, voltando-se para pesquisas sobre o clima organizacional e estudando o impacto dos sistemas organizacionais sobre os grupos e indivíduos.
Abstract: This present work seeks reflection on the research works about culture in organizations. As time goes by, it can be observed that in Organizational Studies, as well as in the Organizational Theory, lies a great mosaic of research works on culture, which can be verified by the amount of authors who write about the subiect. It is on this symbolic pollution and proliferation of organizational studies on culture, that several authors lay their criticism. In Brazil, works and pieces of research on culture had gained notoriety in the late 80’s and early 90’s. Fischer & Mac-Allister (2001) report that, from the studies carried out on culture in the organizations, few actually tried to take over the challenge of associating Brazilian culture to Brazilian organizational culture. Finally, as pointed out by Denison (1996) researches on culture would be turning away from the study on the social and organizational reality and heading towards the organizational climate instead, studying the impact of the organizational systems on both groups and individuals.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/265
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback