Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9168

Título: Impacto ambiental e administração de problemas toxicológicos na utilização de inseticidas agrícolas
Título Alternativo: Environment impact and administration of toxicological problems in the agrotoxics use
Autor(es): Moreira, Leonardo Fernandes
Oliveira, João Sabino de
Araújo, José Geraldo Fernandes de
Braga, Geraldo Magela
Assunto: Meio ambiente
Agrotóxicos
Assistência técnica
Environment
Agrotoxics
Technical assistence
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 1-Jan-2001
Referência: MOREIRA, L. F. et al. Impacto ambiental e administração de problemas toxicológicos na utilização de inseticidas agrícolas. Organizações Rurais e Agroindustriais, Lavras, v. 8, n. 1, p. 28-35, jan./jul. 1996.
Resumo: Este trabalho tem por objetivo estudar os problemas causados pelo uso de agrotóxicos na Região Agrícola de Viçosa (RAV), Zona da Mata de Minas Gerais, em relação à utilização de inseticidas, às condições de trabalho, aos aspectos ambientais e ao nível de intoxicação dos produtores de tomate dessa região. A maioria dos tomaticultores da RAV não recebem assistência técnica e/ou orientação de profissionais da área agrícola e não observam o período de carência dos agrotóxicos, tomando o tomate produzido e consumido nessa região contaminado com níveis acima do estabelecido pela legislação em vigor. A maioria não usa nenhuma proteção individual durante as aplicações dos agrotóxicos e o inseticida mais utilizado é o Metamidofós. O alto nível de intoxicação dos tomaticultores da RAV decorre do uso incorreto de tecnologia de aplicação e da falta de esclarecimentos quanto aos riscos para a saúde e meio ambiente.
Abstract: The objective of this work is to study the problems cused by the use of agrotoxics in the Agricultural Region of Viçosa (RAV), Minas Gerais, in conection to utilization of agrotoxics, to work conditions, envrironment riks and to intoxication degree of the tomato producers in this region. The majority of RAV tomato producers did not have technical assistence and/or guidance from agricultural professionals and does not use the correct agricultural recomendation for chemicals; does not observe the recomended privation period for agrotoxics, which indicates that the produced and consumed tomatoes aree contaminated on a high degree which is above the legal levels; the majority does not use any individual protection when using the agrotoxics once most the used insect killer is Metamidofós. The high intoxication level of RAV tomato producers is due to the incorrect use of the applied technology and the lack of explanation of the heatlth and environment risks.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/121
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback