Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9175

Título: Arranjos contratuais e assimetria de poder no SAG suinícola no oeste paranaense
Autor(es): Bánkut, Sandra Maria Schiavi
Souza, José Paulo de
Assunto: Sistema agroindustrial
Custo de transação
Agribusiness system
Transaction costs
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 27-Jun-2014
Referência: BÁNKUT, S. M. S.; SOUZA, J. P. de. Arranjos contratuais e assimetria de poder no SAG suinícola no oeste paranaense. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 16, n. 1, p. 92-107, 2014.
Resumo: Neste artigo discutem-se os fatores envolvidos na adoção da estrutura por contratos para o fornecimento de matéria-prima, pelo segmento produtor, para o segmento processador de carne suína no estado do Paraná. A abordagem teórica utilizada na pesquisa partiu da inserção de conceitos teóricos tratados na Economia dos Custos de Mensuração e na Organização Industrial e do esquema contratual proposto por Williamson (2005), no contexto da Economia dos Custos de Transação. Por meio da abordagem qualitativa, verificou-se que a escolha por contratos está associada à especificidade dos ativos envolvidos, como também ao controle mais elevado, considerando a assimetria de poder na relação. A mensuração dos atributos do produto e do processo mostrou-se como uma forma eficiente de governar a transação, notadamente pelo lado do processador, garantindo seu direito de propriedade, não contribuindo, entretanto, para obtenção de equilíbrio contratual pelo lado do produtor.
Abstract: In this article, it aims discuss the factors involved in the adoption of the contractual arrangements for the supply of raw materials, by the segment producers and processors in pork chain, in the Paraná state. The theoretical approach involved the insertion of Industrial Organizations and Cost Economics Measurement theories by Williamson’s (2005) contractual schema, discussed in Transaction Cost Economics theory. Supported on qualitative assumptions, the study has identified that the arrangement choice (contracts) is justified by the specificity in transaction involved, as well perception of high levels, considering the power asymmetry in the relation. Product and process attributes measurement represented just an efficient way to govern transaction, especially for processor, warranting its property rights, but not contributing to achieve contractual equilibrium, mainly for producers.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/786
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback