Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9205

Título: O envelhecimento e as aposentadorias no ambiente rural: um enfoque bibliográfico
Título Alternativo: The aging and the retirements in the rural environment: a bibliographical approach
Autor(es): Augusto, Helder dos Anjos
Ribeiro, Eduardo Magalhães
Assunto: Envelhecimento
Previdência Social
Aposentadorias rurais
Brasil
Aging
Social security
Rural retirements
Brazil
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 18-Abr-2011
Referência: AUGUSTO, H. dos A.; RIBEIRO, E. M. O envelhecimento e as aposentadorias no ambiente rural: um enfoque bibliográfico. Organizações Rurais e Agroindustriais, Lavras, v. 7, n. 2, p. 199-208, 2005.
Resumo: Com este artigo, analisa-se os efeitos do envelhecimento e das aposentadorias no cenário rural brasileiro e vem propor uma questão de suma importância para os dias atuais, visto que é crescente a participação relativa do grupo etário idoso no conjunto total da população brasileira. Devido a este fator, existe uma preocupação com o futuro da Previdência Social, que deve passar por reformas. Objetivou-se levantar elementos para discussão sobre a importância dos benefícios previdenciários no meio rural, já que este setor passa por significativas mudanças demográficas. Com uma história bastante fragmentada, desde os anos do Império, a Previdência Social vem se estendendo a diversos segmentos da sociedade, sendo uma das mais importantes formas de inclusão dos trabalhadores rurais. A partir de 1991, os trabalhadores rurais passaram a participar do Regime Geral da Previdência Social, constituindo, assim, um grande marco na história da instituição. Com a incorporação das mulheres neste benefício, abriu-se um novo leque de direitos, visto que as mulheres idosas são maioria no campo. Existe um número cada vez maior de aposentadorias rurais por idade, o que permite evidenciar o envelhecimento da população rural e uma melhor redistribuição de renda nos domicílios desses idosos. O campo, que no passado dependia basicamente da renda advinda da produção agrícola, sujeita às intempéries, conta com mais esta alternativa de renda, razão pela qual o fenômeno de envelhecimento da população brasileira, especificamente no ambiente rural, denota a necessidade de políticas ajustadas ao setor, para que a concessão destes benefícios previdenciários não seja ameaçada no futuro.
Abstract: This article analyzes the effect of the aging and the retirements in the Brazilian rural scene, which is a question of most importance for the current days, since the relative participation of the aging group in the total set of the Brazilian population is increasing. Thus, there exists a concern with the future of the Social Security sot that it must pass through reforms. Hence, the objective of this paper is to raise elements for the discussion on the importance of the social security in the agricultural sector, since it passes through significant demographic changes. With a sufficiently fragmented history, since the years of the Empire, the Social Security has been extending several segments of society, being one of the most important forms of inclusion of the agricultural workers. Since 1991, agricultural workers have been covered by the General Regimen of the Social Security, which constitutes a great landmark in the history of the institution. With the incorporation of women in this benefit, new rights have been set, since aged women are majority in the field. The number of retirees due to aging the rural areas. This is an evidence of the aging process of the rural population and a better income redistribution among the elderly households). The field, that in the past depended basically on the income of the agricultural production, now counts on this extra alternative of income, reason for why the phenomenon of aging of the Brazilian population, specifically in the agricultural environment, brings the necessity of adjusting policies to the sector, so that the concession of these social security will not be threatened in the future.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/200
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback