Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
Organizações Rurais & Agroindustriais >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9208

Título: Condicionantes do desenvolvimento de relacionamentos intercooperativos no cooperativismo agropecuário
Título Alternativo: Factors for the development of intercooperative relations in agricultural cooperativism
Autor(es): Lago, Adriano
Silva, Tania Nunes da
Assunto: Intercooperação
Cooperação
Cooperativismo
Relacionamentos interorganizacionais
Intercooperation
Cooperation
Cooperativism
Interorganizational relationships
Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Publicação: 5-Set-2012
Referência: LAGO, A.; SILVA, T. N. da. Condicionantes do desenvolvimento de relacionamentos intercooperativos no cooperativismo agropecuário. Organizações Rurais e Agroindustriais, Lavras, v. 14, n. 2, p. 212-226, 2012.
Resumo: No vocabulário empresarial das últimas décadas, termos como alianças estratégicas, parcerias, sociedades, conglomerados, consórcios, joint venture, redes e outros ganham expressividade, até mesmo entre empresas tradicionalmente concorrentes. Essas são expressões de relacionamentos interorganizacionais entre empresas não cooperativas. Já o cooperativismo, guardião do princípio da cooperação entre cooperativas, denominado intercooperação, apresenta dificuldades para expressar ações desta natureza. É neste sentido que o presente estudo buscou identificar e descrever quais são os condicionantes do desenvolvimento de relacionamentos intercooperativos. Para atender tal objetivo adotou-se o seguinte procedimento metodológico: uma reflexão teórica sobre a temática e entrevista semiestruturada com experts do ramo cooperativo agropecuário. Um dos resultados consiste na identificação de doze condicionantes do desenvolvimento da intercooperação, que são: projetos, liderança, confiança, controle, compensação, comunicação, comprometimento, interdependência, transparência, gestão profissional, eliminar vaidades e clareza da doutrina cooperativa.
Abstract: In the business vocabulary of the last decades, terms such as strategic alliances, partnerships, clusters, consources, joint ventures, nets and others are gaining expressivity, even though among competitor companies. These terms are expressions of international relations among non cooperative companies. At the same time the so-called cooperativism, guardian of the cooperation principle among cooperatives named intercooperation, presents difficulties to express actions of this nature. This way, this current research aims to identify and describe which are the conditions of intercooperative relations. In order to accomplish this goal, the following methodological procedure has been adopted: theoretical reflection about the theme and semi-structured interview with experts from the agribusiness field. One of the results is the identification of the twelve conditions of the intercooperation development, which are: projects, leadership, trust, control, compensation, communication, commitment, interdependency, transparency, professional management, vanity elimination and cooperative doctrine clarity.
Outras Identificações: http://revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/509
Idioma: por
Aparece nas coleções: Organizações Rurais & Agroindustriais

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback