Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9346

Título: Evolução histórico-cultural e paisagística dos jardins do Museu Imperial de Petrópolis-RJ
Autor(es): Loura, Clarissa Gontijo
Orientador: Paiva, Patrícia Duarte de Oliveira
Membro da banca: Landgraf, Paulo Roberto Corrêa
Borém, Rosângela Alves Tristão
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Jardins históricos
Paisagismo
Estrada Real
Historical gardens
Landscaping
Royal Road
Data de Defesa: 26-Fev-2015
Data de publicação: 7-Mai-2015
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: LOURA, C. G. Evolução histórico-cultural e paisagística dos jardins do Museu Imperial de Petrópolis-RJ. 2015. 76 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O termo jardim histórico está relacionado à definição de áreas verdes, que são ambientes agradáveis capazes de proporcionar uma integração entre o homem e a natureza, na busca da melhoria de qualidade de vida, além de oferecerem diversos benefícios ambientais aos locais que estão inseridos. Os jardins históricos são considerados monumentos vivos, que devem ser estudados, a fim de se manter preservada toda a história do espaço e entorno em que se encontram. Na cidade de Petrópolis, estado do Rio de Janeiro, encontra-se o Museu Imperial, antigo Palácio de Verão do Imperador D. Pedro II. Esse espaço foi construído para que a Família Imperial pudesse passar os meses mais quentes do ano em um local de clima mais ameno. No entorno do Palácio foi implantado um jardim que complementava a edificação. Esses jardins são históricos e mantidos desde a sua construção. O objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento histórico-cultural e paisagístico dos jardins do Museu Imperial de Petrópolis, desde a sua construção no séc. XIX até os dias atuais, 2014. Para realizar esse levantamento foram feitas pesquisas documental, iconográfica e botânica a respeito dos jardins, além de entrevistas com pessoas que contribuíram para os resultados finais. A partir do estudo realizado, foram descobertas características dos jardins do Museu Imperial. Algumas dessas características foram inovações para a época da construção dos jardins, como o traçado que foi influenciado por diferentes estilos clássicos de jardins, além do uso de grande diversidade de espécies vegetais incluindo nativas. Os jardins do Museu Imperial estão conservados, seguindo traçados originais, além de serem monumentos de contemplação, que possuem importância social e econômica na cidade de Petrópolis.
The name “historical garden” is related to the definition of green areas, which are enjoyable environments capable of provide the integration between men and nature in the aspect of improvement of quality of living, besides offering innumerous environmental benefits to the area where they are located. The historical gardens are considered living monuments, thus should be studied in the attempt to preserve all the history of the surrounding areas where they can be found. In the city of Petropolis, state of Rio de Janeiro, are located the Museu Imperial (Imperial Museum), old Summer Palace of D. Pedro II, Emperor of Brazil. Built for the Imperial Family, they use to spend the warmer months of the year in a place where the climate was more pleasant. At the surroundings of the palace were deployed gardens which complemented the buildings. These gardens are considered historical, and have been maintained until the present day. The aim of the work was to perform a historical-cultural and landscaping survey of the Imperial Gardens of the Imperial Museum of Petropolis, since its construction, in the 19th century, to the present day, year of 2014. To perform the survey, documental, iconographic and botanical research regarding the gardens were conducted, in addition of several interviews with people who could to contribute with others information. From the study, some characteristics of the gardens could be discovered, and some of which could be considered innovations to the time of the construction. Considering the layout, it was influenced by different classical styles of gardens, besides the usage of a great diversity of vegetal species, including natives ones. The Gardens of the Imperial Museum are still preserved, following the original layouts, besides being a contemplation monument, which carry a significant social and economic importance.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9346
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Evolução histórico-cultural e paisagística dos jardins do Museu Imperial de Petrópolis-RJ.pdf3,43 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback