Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9349

Title: Intercorrência da leucose enzoótica bovina e mastite em vacas leiteiras naturalmente infectadas
Other Titles: Complications of enzootic bovine leukosis and mastitis in naturally infected dairy cows
???metadata.dc.creator???: Ambrósio, Natália Amaral
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Costa, Geraldo Márcio da
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Hirsch, Christian
Mesquita Neto, Francisco Duque de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Peconick, Ana Paula
Hirsch, Christian
Ribeiro, João Batista
???metadata.dc.description.concentration???: Sanidade Animal
Keywords: Mamite
Doença
Leite
BLV
Bacteriologia
Mastitis
Disease
Milk
BLV
Bacteriology
???metadata.dc.date.submitted???: 27-Feb-2015
Issue Date: 7-May-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: AMBRÓSIO, N. A. Intercorrência da leucose enzoótica bovina e mastite em vacas leiteiras naturalmente infectadas. 2015. 93 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: A infecção pelo vírus da leucose enzoótica bovina (BLV) nos bovinos afeta o sistema imunológico e está associada à maior tendência ao desenvolvimento de doenças infecciosas. Nesse sentido, a infecção é relacionada com maior incidência de mastite que, por sua vez, é importante doença na economia da pecuária leiteira. Esta dissertação foi realizada com o objetivo de avaliar a correlação entre a mastite e a infecção pelo BLV, na realidade de produção da mesorregião do Campo das Vertentes do estado de Minas Gerais, Brasil. Realizou-se a investigação da prevalência do BLV, por meio de sorologia utilizando a IDGA, em todas as vacas em lactação de dez propriedades, num total de 1.392 animais. Posteriormente, classificaram-se animais em grupos de casos e controles (87 controles e 160 casos), nos quais animais soronegativos ao BLV foram controle. Os casos, vacas soropositivas, foram selecionados em função da homologia da situação produtiva com um controle. Foram realizadas coletas com intervalo de 30 dias, divididas em D0, D30, D60 e D90. Ao final das análises, os animais foram classificados em três grupos: SN, SL e LP. Foram realizadas duas avaliações da sanidade das glândulas mamárias de todos os animais participantes dessa seleção, em D0 e D60, por meio do CMT e bacteriologia. Verificou-se a presença do BLV em 100% dos rebanhos avaliados, com prevalência geral de 80,89%. Os animais controle formaram o grupo SN e os soropositivos ao BLV foram classificados em LP e SL. Segundo a chave hematológica de Beindixen (1958), observaram-se 74% de SL e 26% de LP. Em D0 foram observados 48,98% de prevalência de mastite subclínica e 3,24% de mastite clínica e, em D60, a prevalência de mastite subclínica foi de 54,65% e a mastite clínica representou 5,67%. Na bacteriologia foram isolados 311 microrganismos, tendo os contagiosos representado 61,41% e os patógenos ambientais, 38,59%. Observou-se diferença significativa entre as categorias SN e SL e a incidência da mastite clínica (p = 0,047). Embora tenha sido detectada a associação entre a mastite clínica e a condição nosológica SN e SL, no presente trabalho não foi possível afirmar que a condição SL é um fator de proteção ou de risco. Não houve correlação significativa (p>0,05) entre a mastite subclínica e a condição nosológica dos animais, assim como a origem do agente causador da mastite (ambiental ou contagioso).
The infection with Bovine Leukosis - BLV in cattle affects the immune system and is associated with increased tendency to develop infectious diseases. In this sense the infection is related to a higher incidence of mastitis which in turn is an important disease in the dairy farming economy. This work aimed to evaluate the correlation between mastitis and infection BLV, within the reality of production mesoregion Field of Strands of Minas Gerais, Brazil. Was performed to investigate the prevalence of BLV through serology using AGID in all ten lactating cows properties, a total of 1392 animals. Later classified Pets in groups of cases and controls (87 controls and 160 cases), in which seronegative animals to BLV were controls. Cases, seropositive cows were selected based on their homology productive situation with a control. Collections were made at intervals of 30 days divided into D0, D30, D60 and D90. At the end of the analysis the animals were classified into three groups: SN; SL and LP. Two evaluations were performed sanity of the mammary glands of all the animals covered by this selection, on days D0 and D60, through the CMT and bacteriology. It is the presence of the BLV evaluated in 100% of herds with overall prevalence of 80.89%. Control animals formed the SN group, and seropositive to BLV were classified as LP and SL according to haematological key Beindixen (1958), there was 74% SL and 26% of LP. D0 were observed in 48.98% prevalence of subclinical mastitis and 3.24% of clinical mastitis, and D60 the prevalence of subclinical mastitis was 54.65% and clinical mastitis represented 5.67%. In Bacteriology 311 microorganisms were isolated, representing 61.41% of the contagious and environmental pathogens represented 38.59%. A significant difference between the SN and SL categories and the incidence of clinical mastitis (p = 0.047). Although it was detected the association between clinical mastitis and the nosological condition SN and SL in the present work was not possible to say whether the condition SL is a protective factor or risk. There was no significant correlation (p> 0.05) between subclinical mastitis and the nosological status of animals as well as the source of the causative agent of mastitis (environmental or contagious).
Description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, área de concentração em Sanidade Animal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9349
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Intercorrência da Leucose Enzoótica Bovina e mastite em vacas leiteiras naturalmente infectadas.pdf678.74 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback