Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Programa de Pós-graduação >
DQI - Agroquímica - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9363

Título: Farinhas da casca e semente de lichias (Litchi chinensis Sonn) e respostas metabólicas em ratos Wistar, na dislipidemia induzida
Título Alternativo: Lychee (Litchi chinensis Sonn) peel and seed flour and metabolic responses in Wistar rats, in dyslipidemia induced
Autor(es): Queiroz, Estela de Rezende
Orientador: Abreu, Celeste Maria Patto de
Coorientador(es): Souza, Raimundo Vicente de
Membro da banca: Pereira, Michel Cardoso de Angelis
Rocha, Denise Alvarenga
Freire, Juliana Mesquita
Preté, Paulo Sérgio Castilho
Área de concentração: Bioquímica
Assunto: Compostos bioativos
Obesidade
Esteatose
Marcadores
Bioactive compounds
Obesity
Steatosis
Hepatic markers
Lipid
Data de Defesa: 1-Abr-2015
Data de publicação: 7-Mai-2015
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: QUEIROZ, E. de R. Farinhas da casca e semente de lichias (Litchi chinensis Sonn) e respostas metabólicas em ratos Wistar, na dislipidemia induzida. 2015. 155 p. Tese (Doutorado em Agroquímica)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Dislipidemias são associadas à incidência de doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes, hipertensão e esteatose hepática, constituindo-se as principais causas de morbidade e mortalidade. A lichia e seus subprodutos exibem numerosas atividades biológicas, tais como antioxidante, antiinflamatória, anti-hiperlipidêmica, anti-hiperglicêmica e hepatoprotetora, que se devem à presença de diversos fitoquímicos, compostos que podem auxiliar no controle da obesidade e dislipidemia. Este estudo objetivou determinar as composições química e fitoquímica das farinhas da casca (FC) e da semente de lichia (FS) e investigar seus efeitos, nas concentrações de 5 e 10%, sobre diversos parâmetros relacionados à obesidade, em ratos alimentados com dieta hipercolesterolêmica. A FC apresentou os maiores teores de flavonoides, ácido ascórbico, compostos fenólicos, antocianinas, lipídios, proteínas, cinzas e fibras, enquanto a FS se destacou pelos teores de potássio, enxofre, cobre, zinco e carboidratos. Ambas as farinhas apresentaram resultado positivo para açúcares redutores, proteína e aminoácidos, taninos, catequinas, flavonoides, depsídeo e depsidonas. Somente a farinha da casca apresentou resultado positivo para alcaloides. Para o estudo biológico, os animais foram divididos em 6 grupos de 5 animais. Nos primeiros 21 dias, os animais foram alimentados com dieta hipercolesterolêmica, com exceção do grupo controle. Nos 21 dias seguintes, suas dietas foram modificadas, recebendo dieta padrão (controle); hipercolesterolêmica (hiper); hipercolesterolêmica + 10% de FC (FC10); hipercolesterolêmica + 5% de FC (FC5); hipercolesterolêmica + 10% de FS (FS10); hipercolesterolêmica + 5% de FS (FS5). A ingestão de FC e da FS atenuou o ganho de peso, reduziu o índice de massa corporal, a glicose e os níveis de triacilglicerídeos, colesterol total, LDL-c+VLDL-c, as atividades da aspartato amino transferase, alanina amino transferase e gama glutamil transferase, além da leptina, da porcentagem de lipídios hepáticos, da peroxidação lípidica do fígado e da frequência da esteatose grave. O estudo histológico da aorta não demonstrou formação de placa de ateroma, em qualquer dos tratamentos analisados. As farinhas dos subprodutos da lichia apresentaramse como fontes promissoras de nutriente e substâncias bioativas e possuem potencial para utilização na prevenção do risco de doenças associadas à obesidade.
Abstract: Dyslipidemias are associated with the incidence of cardiovascular diseases, obesity, diabetes, hypertension and hepatic steatosis, becoming the leading causes of morbidity and mortality. Lychee and its by-products exhibit numerous biological activities, such as antioxidant, anti-inflammatory, antihyperlipidemic, antihyperglycemic and hepatoprotective, due to the presence of different phytochemical compounds, which can help in the control of obesity and dyslipidemia. The objective of this study was to determine the chemical and phytochemical composition of lychee peel (PF) and seed (SF) flour, and investigate their effects, at concentrations of 5 and 10%, on several obesityrelated parameters in rats fed a hypercholesterolemic diet. The PF had the highest contents of flavonoids, ascorbic acid, phenolic compounds, anthocyanins, lipids, proteins, ash and fiber, while the SF stood out by the contents of potassium, sulfur, copper, zinc and carbohydrates. Both flours were positive for reducing sugars, protein and amino acids, tannins, catechins, flavonoids, depsides and depsidones. Only the peel flour was positive for alkaloids. For the biological study, the animals were divided into 6 groups of 5 animals. In the first 21 days, the animals were fed a hypercholesterolemic diet, except for the control group. In the following 21 days, their diets were modified, and they received a standard diet (control); hypercholesterolemic (hyper); hypercholesterolemic + 10% PF (PF10); hypercholesterolemic + 5% PF (PF5); hypercholesterolemic + 10% SF (SF10); hypercholesterolemic + 5% SF (SF5). The intake of PF and SF attenuated weight gain, reduced body mass index, glucose and the levels of triacylglycerols, total cholesterol, LDL-c + VLDL-c, the activities of aspartate aminotransferase, alanine aminotransferase and gamma-glutamyl transferase, besides the leptin, percentage of hepatic lipids, liver lipid peroxidation and frequency of severe steatosis. The histological study of the aorta did not show the formation of the atheromatous plaque in any of the treatments analyzed. Flours of lychee by-products were presented as promising sources of nutrients and bioactive substances, and are potentially useful in the prevention of the risk of diseases associated with obesity.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9363
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DQI - Agroquímica - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_ Farinhas da casca e semente de lichias (Litchi chinensis Sonn) e respostas metabólicas em ratos Wistar, na dislipidemia induzida.pdf927,61 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback