Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9422

Título: Critérios para seleção das UPGRH visando à avaliação ambiental integrada dos aproveitamentos hidrelétricos em Minas Gerais
Título Alternativo: Criteria for selection of UPGRH aimed at environmental assessment of integrated hydroelectric plants in Minas Gerais
Autor(es): Moreira, Lucas Gomes
Orientador: Pereira, José Aldo Alves
Membro da banca: Lopes, Frederico Wagner de Azevedo
Borges, Luís Antônio Coimbra
Faria, Regiane Aparecida Vilas Bôas
Área de concentração: Recuperação e Conservação de Ecossistemas
Assunto: Unidade de Planejamento
Gestão Recursos de Hídricos
Hidrelétrica
Bacias Hidrográficas
Impacto Cumulativo
Indicadores
Management Unit
Water Resources Planning
Hydroelectric
Hydrographic Basins
Cumulative Impact
Indicators
Data de Defesa: 23-Fev-2015
Data de publicação: 11-Mai-2015
Referência: MOREIRA, L. G. Critérios para seleção das UPGRH visando à avaliação ambiental integrada dos aproveitamentos hidrelétricos em Minas Gerais. 2015. 141 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Tecnologias e Inovações Ambientais)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: As evoluções dos modelos de desenvolvimento sobre a sustentabilidade abordam temas integradores para a gestão do meio ambiente, permitindo avaliar os impactos cumulativos e sinérgicos de uma determinada área. Neste sentido, temos a Avaliação Ambiental Integrada das Unidades de Planejamento e Gestão dos Recursos Hídricos (UPGRH) como critério para subsidiar a implantação de empreendimentos hidrelétricos. A UPGRH é a unidade geográfica fundamental que orienta o planejamento e a gestão de estudos no estado de Minas Gerais. A elaboração da Avaliação Ambiental Integrada (AAI) para empreendimentos hidrelétricos no estado de Minas Gerais é determinada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, através de ato do Secretário, e segue ordem de prioridade definida. O objetivo desse trabalho foi a definição da ordem de prioridades das UPGRHs do estado de Minas Gerais para a Avaliação Ambiental Integrada, através da identificação de características relacionadas à fragilidade ambiental e de conflitos, bem como as potencialidades relacionadas aos aproveitamentos hidrelétricos. O critério para a seleção de indicadores de ordenamento buscou variáveis técnicas que pudessem caracterizar as UPGRHs, observando os dados presentes dentro de suas delimitações. Para verificar a dissimilaridade entre os diferentes grupamentos de UPGRHs foi realizada uma análise multivariada e posteriormente utilizou-se uma análise de similaridade, para indicar o quão similar são as UPGRHs, As variáveis que mais contribuíram para a distinção entre grupamentos foram obtidas por meio da análise se SIMPER, que pontuou de forma decrescente, as variáveis em cada comparação par-a-par entre os grupamentos de UPGRHs. O resultado final foi obtido através da multiplicação da somatória da pontuação de cada variável selecionada pela análise de SIMPER com o valor de cada unidade obtida por UPGRH da respectiva variável. Como conclusões foram obtidas: a UPGRH GD8 (Rio Grande) possui potencial hidroenergético maior que as demais UPGRHs, apresentando-se em ordem prioritária para a Avaliação Ambiental Integrada (AAI); os principais indicadores para a classificação de prioridades para a AAI foram “Potência total das UHEs, PCHs e CGHs” e “Área total inundada pelas UHEs, PCHs e CGHs”; a obtenção de indicadores compatíveis e sobrepostos entre as Unidades de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos (UPGRH) com vistas à Avaliação Ambiental Integrada e as delimitações físicas das áreas definidas pelas bacias hidrográficas e pelos municípios apresentaram dificuldades de sobreposição e uso na construção das análises.
The evolution of development models on sustainability approach integrating themes for the environmental management, allowing us to evaluate the cumulative and sinergic impacts of a certain area. In this study, we use the Integrated Environmental Evaluation of the Water Resources Planning and Management Unit (WRPMU) as a criteria for subsidizing the implementation of hydroelectric enterprises. The WRPMU is the essential geografic unit that orients the planning and management of studies in the state of Minas Gerais, Brazil. The elaboration of the Integrated Environmental Evaluation (IEE) for hydroelectric enterprises in the state of Minas Gerais is determined by the Environment and Sustainable Development Secretariate of State, by means of act of the Secretary, following a defineed order of priority. In this work, we aimed at defining the order of priorities of the WRPMUs of the state of Minas Gerais of the Integrated Environmental Evaluation, by means of identifying the traits related to environmental vulnerability and conflicts, as well as the potentialities related to the hydroelectric exploitation. The criteria for selecting ordering indicators sought technical variables that could characterize the WRPMUs, observing the data present within its delimitations. In order to verify the dissimilarity between the different WRPMU goupings, we used a multivariate analysis and, subsequently, a similarity analysis, to indicate how alike are the WRPMUs. The variables that most contributed in the distiction between groupings were obtained by means of SIMPER analysis, which decreasingly graded the variables in each comparison in pairs between WRPMU groupings. The final result was obtained by means of multiplying the sum of the grades of each variable, selected by the SIMPER analysis, by the value of each unit obtained by WRPMU of the respective variable. As conclusions, we present: the WRPMU GD8 (Rio Grande) presents higher hidroelectric potential then the other WRPMUs, being the priority in the Integrated Environmental Evaluation (IEE); the main indicators for classifying the IEE priorities were “Total Potency of the UHEs, PCHs and CGHs” and “Total area floded by the UHEs, PCHs and CGHs”; the obtaining of compatible and superimposed indicators between the WRPMUs, with the objective of Integrated Environmental Evaluation and the physical delimitations of the areas defined by the hydrographic basins and municipalities, presented difficulties in the superimposition and use in the construction of the analyses.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós- Graduação em Tecnologias e Inovações Ambientais – Curso Mestrado Profissional, área de concentração em Recuperação e Conservação de Ecossistemas, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9422
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Critérios para seleção das UPGRH visando à avaliação ambiental integrada dos aproveitamentos hidrelétr.pdf1,01 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback