Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9465

Título: Efeito e custos do programa de tratamento estratégico seletivo no controle de ectoparasitoses e hemoparasitoses em bezerras leiteiras
Autor(es): Barbieri, Jonata de Melo
Orientador: Guimarães, Antônio Marcos
Membro da banca: Rocha, Christiane Maria Barcellos Magalhães da
Guedes, Elizângela
Ribeiro, Múcio Flávio Barbosa
Área de concentração: Ciências Veterinárias
Assunto: Anaplasma marginale
Babesia spp
Rhipicephalus microplus
Carrapatos
Ticks
Data de Defesa: 27-Fev-2015
Data de publicação: 12-Mai-2015
Agência de Fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: BARBIERI, J. de M. Efeito e custos do programa de tratamento estratégico seletivo no controle de ectoparasitoses e hemoparasitoses em bezerras leiteiras. 2015. 78 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia e estimar o custo operacional efetivo de um programa de tratamento estratégico seletivo no controle de ectoparasitoses, como ixodidose (Rhipicephalus microplus) e miíases causadas por Dermatobia hominis (“berne”) e Cochliomyia hominivorax (“bicheira) e, hemoparasitos como Anaplasma marginale e Babesia spp. em bezerras leiteiras, do nascimento até os 12 meses de idade. Este estudo foi realizado na Fazenda Palmital da Universidade Federal de Lavras (UFLA), localizada no município de Ijaci, MG, no período de abril de 2013 a novembro de 2014. Trinta bezerras da raça holandesa foram divididas igualmente em dois grupos: G1) Tratamento estratégico seletivo (TE), e G2) Tratamento convencional (TC). Foi avaliado o custo entre os dois tratamentos (TE x TC). Nas análises estatísticas utilizou-se o pacote estatístico SAS e PASW 18.0. A frequência de alterações nos parâmetros físicos foi maior (p<0,05) no TC se comparado ao TE, entre as estações do ano e as faixas etárias das bezerras. Ocorreu interação tripla significativa (p<0,05) relacionada às médias das contagens de carrapatos, sendo que no período mais quente e chuvoso, em ambos os tratamentos, as contagens foram maiores (28,55 – TC e 23,21 – TE). Na reação de imunofluorescência indireta (RIFI), a soropositividade para A. marginale e Babesia bovis foi 85,6% e 87,8% (TE) e 83,2% e 83,2% (TC), respectivamente. Os grupos TE e TC apresentaram uma concentração do número de casos de anaplasmose subclínica (assintomática) no mês de julho (período seco). Não houve diferença significativa nas médias de ganho de peso diário entre as bezerras do TE e TC nas diferentes faixas etárias estudadas (0-90 dias; 91 – 180 dias e 181 – 365 dias). Os gastos do TE foram 3,55 vezes maior que o TC, com médias de gastos diários por animal de R$ 0,69 e R$ 0,19, respectivamente. O TE foi mais eficiente no controle de ectoparasitos e hemoparasitos se comparado ao tratamento convencional (TC). Apesar de ter um custo maior, o TE foi eficiente na redução da carga parasitária, o que refletiu positivamente sobre a taxa de mortalidade de bezerras leiteiras entre os dois tratamentos (TE= 0% e TC= 20%). O TE não interferiu na dinâmica de infecção para A. marginale e B. bovis, e a Fazenda Palmital pode ser caracterizada como área de estabilidade enzoótica para anaplasmose e babesisose bovina. No entanto, não houve diferença significativa (p>0,05) no ganho de peso médio diário (GPD) entre o TE (0,58 kg) e o TC (0,57 kg), ficando abaixo do esperado para bezerras da raça holandesa (0,80 kg), refletindo negativamente na projeção da idade ao 1º. serviço (19 meses). Desse modo, embora a propriedade leiteira tenha a ganhar com o controle de ectoparasitoses e hemoparasitoses, antes da implantação do programa estratégico seletivo (TE), deve-se dispensar especial atenção ao plano nutricional das bezerras, para que os animais atinjam o ganho de peso esperado, reduzindo a idade à primeira cria.
Abstract: The objective of this study was to evaluate and estimate the actual cost of operating a selective strategic treatment program in control of ectoparasites, such as ixodidose (Rhipicephalus microplus) and myiasis caused by Dermatobia hominis ("warble") and Cochliomyia hominivorax ("screwworm) and blood parasites such as Anaplasma and Babesia spp. in dairy calves from birth to 12 months of age. This study was conducted in the Palmital Farm, Federal University of Lavras (UFLA), located in the municipality of Ijaci, MG, from April 2013 to November 2014. Thirty calves of Holstein were equally divided into two groups: G1) Treatment selective strategic (TE), and G2) conventional treatment (TC). The cost between the two treatments (TE x TC) was evaluated. In the statistical analysis we used the statistical package SAS and SPSS 18.0. The frequency of changes in physical parameters was higher (p <0.05) in TC compared to TE, between the seasons and the age of the calves. There was a significant triple interaction (p <0.05) related to the averages of tick counts, and in the warmer and wet season in both treatments, the counts were higher (28.55 - 23.21 and TC - TE). In the indirect immunofluorescence assay (IFA), to be positive for A. marginale and Babesia bovis was 85.6% and 87.8% (TE) and 83.2% and 83.2% (TC), respectively. The TE and TC groups showed a concentration of the number of cases of anaplasmosis subclinical (asymptomatic) in July (dry season). There was no significant difference in average daily gain between the TE and TC calves in the different age groups (0-90 days; 91-180 days and 181-365 days). The TE expenditures were 3.55 times greater than the TC, with average daily spending per pet of R$ 0.69 and R$ 0.19, respectively. The TE was more effective in controlling ectoparasites and blood parasites compared to conventional treatment (TC). Despite higher costs, the TE was effective in reducing the parasite burden, which positively reflected on the mortality rate of baby calves between the two treatments (TE = 0% and TC = 20%). The TE did not affect the dynamics of infection for A. marginale and B. bovis, and the Palmital Farm can be characterized as enzootic stability area for bovine anaplasmosis and babesisose. However, there was no significant difference (p> 0.05) in average daily gain weight (GPD) between the TE (0.58 kg) and the TC (0.57 kg), below the expected for heifers breed Dutch (0.80 kg), reflecting negatively on the projected age at first service (19 months). Thus, although the dairy property has to gain control of ectoparasites and hemoparasitoses, before deploying selective strategic program (TE), one should pay special attention to the nutritional plan of heifers, for animals reach the weight gain expected, reducing the age at first calving.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9465
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Efeito e custos do programa de tratamento estratégico seletivo no controle de ectoparasitoses e hemoparasitoses em bezerras leiteiras.pdf3 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback