Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEX - Departamento de Ciências Exatas >
DEX - Programa de Pós-graduação >
DEX - Estatística e Experimentação Agropecuária - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/954

Title: Geoestatística e análise de agrupamento no estudo da microfauna de foraminíferos
???metadata.dc.creator???: Mirante, Ângela Cristina da Fonseca
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Scalon, João Domingos
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Araújo, Tânia Maria Fonseca
???metadata.dc.contributor.referee1???: Tavares, Marcelo
Araújo, Helisângela Acris Borges de
Lima, Renato Ribeiro de
Abreu, Agostinho Roberto de
???metadata.dc.description.concentration???: Estatística e Experimentação Agropecuária
Keywords: Geoestatística
Semivariância
Krigagem
Análise multivariada
Método de Ward
Método k-Médias
Geostatistics
Semivariance
Kriging
Multivariate analysis
Ward’s method
k-means’ method
???metadata.dc.date.submitted???: 13-Jun-2013
Issue Date: 2013
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: MIRANTE, Â. C. da F. Geoestatística e análise de agrupamento no estudo da microfauna de foraminíferos. 2013. 153 p. Tese (Doutorado em Estatística e Experimentação Agropecuária) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
???metadata.dc.description.resumo???: Objetivou-se com este trabalho aplicar a geoestatística e a análise de agrupamento nos dados da microfauna de foraminíferos presentes nos sedimentos da plataforma e talude continentais do norte do Estado da Bahia. A análise geoestatística foi aplicada para avaliar a presença de variabilidade espacial no número de indivíduos das espécies de foraminíferos e realizar predições por meio de krigagem. Para obter os semivariogramas experimentais das variáveis em estudo foram utilizados os estimadores de Matheron e de Cressie & Hawkins. Os resultados mostraram que as espécies Amphistegina lessonii, Peneroplis carinatus, Quinqueloculina bicarinata e Reusella spinulosa apresentaram estruturas de dependência espacial descritas pelos modelos esférico e exponencial. Na etapa seguinte deste trabalho foi realizada a análise multivariada dos dados para caracterizar a plataforma e o talude continentais da Bahia. A metodologia consistiu na aplicação dos métodos de agrupamento de Ward e k-Médias. Os resultados revelaram que as plataformas interna e média foram caracterizadas pela presença de areia siliciclástica com maior predominância das espécie Peneroplis carinatus; a plataforma externa foi caracterizada por areia carbonática cascalhosa tendo a espécie Amphistegina lessonii como a mais predominante; o talude foi caracterizado por sedimento formado por areia carbonática lamosa e pela maior predominância da espécie Amphistegina lessoni.
This work aimed at applying geostatistics and cluster analysis on data from foraminifera microfauna present in the sediments of the continental shelf and slope in the northern state of Bahia, Brazil. The geostatistical analysis was applied to evaluate the presence of spatial variability in the number of individuals of the foraminifera species and to make predictions using kriging. In order to obtain the experimental semivariograms of the studied variables, we used the Matheron and Cressie & Hawkins estimators. The results showed that the species Amphistegina lessonii, Peneroplis carinatus, Quinqueloculina bicarinata and Reusella spinulos apresented spatial dependence structures described by the spherical and exponential models. In the following stage of this work, we performed the multivariate analysis in order to characterize the continental shelf and slope of Bahia. The methodology consisted in the application of Ward and k-Means’ clustering methods. The results revealed that the inner and middle shelves were characterized by the presence of siliciclastic sand with a larger predominance of the specie Peneroplis carinatus; the outer shelf was characterized by gravelly carbonate sand, in which the specie Amphistegina lessonii was the most predominant; the slope was characterized by sediment formed by mudflat carbonate sand with a predominance of the specie Amphistegina lessonii.
Description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Estatística e Experimentação Agropecuária, área de concentração em Estatística e Experimentação Agropecuária, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/954
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DEX - Estatística e Experimentação Agropecuária - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Geoestatística e análise de agrupamento no estudo da microfauna de foraminíferos.pdf2.11 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback