Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9685

Título: Expressão de genes intestinais de suínos elo modelo ex vivo: efeito de óleos essenciais e linhagens genéticas sensíveis à soja
Autor(es): Amaral, Letícia Gomes de Morais
Orientador: Cantarelli, Vinícius de Souza
Coorientador(es): Rostagno, Marcos Horacio
Membro da banca: Richert, Brian Thomas
Radcliffe, John Scott
Abreu, Márvio Lobão Teixeira de
Sousa, Raimundo Vicente de
Área de concentração: Nutrição de Monogástricos
Assunto: Aditivo nutricional
Desmame
Expressão genética
Saúde intestinal
Suíno
Gene expression
Intestinal health
Nutritional additive
Swine
Weaning
Data de Defesa: 13-Mai-2015
Data de publicação: 27-Mai-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: AMARAL, L. G. de M. Expressão de genes intestinais de suínos elo modelo ex vivo: efeito de óleos essenciais e linhagens genéticas sensíveis à soja. 2015. 106 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: A fim de compreender melhor os óleos essenciais e suas associações, foram realizados três estudos. O objetivo do primeiro trabalho foi determinar a expressão gênica intestinal pelo modelo ex vivo após a exposição do jejuno suíno a óleos essenciais e verificar o impacto desses óleos no desempenho produtivo de suínos na fase de creche. Para o ensaio ex vivo, doze leitões foram submetidos à eutanásia, e segmentos do jejuno foram incubados durante 60 minutos em Dulbeco’s Modified Eagles Mediumcom diferentes óleos essenciais. Os tecidos foram lavados com PBS e armazenados a -80ºC com TRIzol para a determinação subsequente da expressão gênica de GAPDH, IAP, SGLT1, GLP-2R, ocludina, IGF1, MUC2 e RelA/p65. A expressão de IAP foi aumentada por CRINA® 700 (P < 0,05) em comparação com o carvacrol e cinamaldeído. Carvacrol apresentou tendência (P < 0,10) em ter maior expressão de IGF1 do que cinamaldeído. A expressão de GLP-2R tendeu a ser reduzida (P <0,10) em comparação ao cinamaldeído. No desempenho não houve diferença (P> 0,05) entre os tratamentos para nenhuma das variáveis avaliadas. O segundo estudo foi realizado para avaliar a morfologia intestinal ea expressão gênica de jejuno de leitões desmamados que recebem uma fonte comercial de óleos essenciais. Animais alimentados com CRINA® na dieta apresentaram menor (P <0,05) altura de vilosidade no jejuno e expressão IGF1. No entanto, estes mesmos animais demonstraram uma expressão mais elevada (P <0,05) de SGLT1. Esses achados levam à conclusão que a composição do CRINA® tem substâncias que podem funcionar de forma antagônica sobre a saúde intestinal de suínos. O objetivo do terceiro estudo foi determinar a expressão gênica pelo modelo ex vivo de jejuno suíno a partir de duas linhagens genéticas de suínos (alta e baixa sensibilidade à proteína de soja e amendoim. Os animais da linha de alta sensibilidadeapresentaram menor expressão de GLP-2R, ocludina e RelA / p65 (P <0,05). Em conclusão, o jejuno de leitões pode expressar de forma diferente GLP2, ocludina e RelA/p65, de acordo com a sensibilidade genética para as proteínas de soja.
In order to better understand essential oils and its associations, there were performed three studies. The objective of the first work was to determine gene expression in an ex vivo model following exposure of porcine jejunum to essential oils and verify the impact of these oils on growth performance of nursery pigs. For the ex vivo trial, twelve piglets were euthanized, and segments of the jejunum were removed. Intestinal segments were incubated for 60 minutes in Dulbeco’s Modified Eagles Medium with the essential oils treatments. Tissues were rinsed with PBS and stored at -80ºC with TRIzol for subsequent determination of GAPDH, IAP, SGLT1, GLP-2R, Occludin, IGF1, MUC2, and p65/RelA gene expression. Gene expression for IAP was increased by CRINA® 700 (P < 0.05) compared to carvacrol and cinnamaldehyde. Carvacrol tended (P < 0.10) to have greater IGF1 expression than cinnamaldehyde. Expression of GLP-2R tended to be reduced (P < 0.10) by cinnamaldehyde compared to all other essential oils except CRINA700. For growth performance there were no differences (P > 0.05) among the treatments for any of the variables evaluated. The second study was conducted to evaluate intestinal morphology and gene expression of jejunum of post-weaned piglets receiving a commercial source of essential oils. Animals fed CRINA diets had lower (P< 0.05) jejunal villus height and IGF1 expression. However, these same animals demonstrated a higher expression (P < 0.05) of SGLT1. This findings lead us to infer that CRINA’s composition have substances that may work antagonistically on pig intestinal health. The objective of the third study was to determine gene expression in an ex vivo model of porcine jejunum from these two genetic lines. The pigs from the high reactivity line had lower expression of GLP-2R, Occludin, and RelA/p65 (P < 0.05). These responses in the high reactive line may explain why they have the sensitivity to soybean and peanuts, since these genes are involved with intestinal growth, tight junctions and immune system, respectively. In conclusion, the jejunum of piglets can express differently GLP2, Occludin, and RelA/p65, according to genetic sensitivity to soy proteins.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9685
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Expressão de genes intestinais de suínos elo modelo ex vivo.pdf1,49 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback