Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
BU - Biblioteca Universitária >
BU - Trabalhos apresentados em eventos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9713

Título: A representação do feminino em Gabriela cravo e canela e possíveis caminhos para se pensar a condição da mulher na contemporaneidade
Autor(es): Faria, Daniele Ribeiro de
Barbosa, Vanderlei
Assunto: Feminismo
Mulher - Literatura
Mulheres - Condições sociais
Mulheres - Papel Social
Relações de gênero e sexualidade
Data de publicação: 24-Jul-2015
Referência: FARIA, D. R. de; BARBOSA, V. A representação do feminino em Gabriela Cravo e Canela e possíveis caminhos para se pensar a condição da mulher na contemporaneidade. In: SEMINÁRIO BRASILEIRO DE ESTUDOS CULTURAIS E EDUCAÇÃO, 6.; SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS CULTURAIS E EDUCAÇÃO, 3., 2015, Canoas. Anais… Canoas: SBECE, SIECE, 2015.
Resumo: O presente trabalho traz alguns olhares em cima da obra de Jorge Amado dentro da perspectiva de estudos de gênero. Pretende também suscitar algumas reflexões no modo de pensar a diferença entre os sexos na sociedade contemporânea, principalmente nos espaços educacionais onde há práticas de leitura de obras literárias. Quando delimitamos a literatura às questões de gênero, é possível notar que a representação da mulher reflete bastante o contexto histórico-social e geralmente pode-se notar a relação de subserviência feminina para com os homens, ficando reservado à mulher o espaço privado, doméstico. Para uma discussão inicial, pretendemos deter apenas em um dos romances amadianos mais célebres: Gabriela cravo e canela (1958), buscando analisar como as personagens são construídas e representadas, além de identificar na obra as estruturas patriarcais dominantes onde se dá as relações de poder, uma vez que, tal como acontece na sociedade, a literatura também reafirma a posição inferior da mulher em relação ao homem, reforçando estereótipos da imagem feminina. No romance em questão, podemos evidenciar a forte presença do patriarcalismo ditando os comportamentos femininos através de repressões, códigos e tabus, e por outro lado, num constante jogo de oposição entre tradição e modernidade, submissão e subversão, mulheres que conseguem transgredir as normas sociais vigentes quando assumem seus próprios desejos e tornam-se sujeitos ativos. Gabriela, personagem central desse livro, e Malvina são exemplos de mulheres que superaram as regras estabelecidas pelo modelo androcêntrico e de dominação masculina. Apesar de tratar-se de uma obra de ficção, Jorge Amado conferiu a ela grande importância social ao fazer um retrato da sociedade brasileira e as transformações pela qual ela passava, sobretudo em relação à condição feminina, antes mesmo do movimento feminista ganhar importância e visibilidade na década de 60, responsável por causar uma verdadeira revolução ao possibilitar às mulheres o direito de escolha e ruptura com a sua condição milenar de dominação. Quando transportamos o romance amadiano aos dias atuais, torna-se quase impossível falar em quebra de tabus, uma vez que a situação da mulher hoje é bastante diferente daquela retratada na época em que se deu a narrativa. No entanto, a inserção dessa obra dentro da sala de aula pode suscitar reflexões fundamentais para se pensar a condição atual da mulher, face a alguns resquícios do sistema patriarcal que ainda mantém mecanismos para controlar e impor restrições, principalmente no campo da sexualidade feminina que sempre se vê envolto nessa relação de dominação-submissão. Em suma, a finalidade da pesquisa é pensar a educação a partir da literatura como condição de possibilidade emancipatória.
???metadata.dc.description.uri???: http://www.sbece.com.br/resources/anais/3/1430066021_ARQUIVO_TRABALHOFINALSbece.pdf
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: BU - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
EVENTO_ A representação do feminino em Gabriela Cravo e Canela e possíveis caminhos para se pensar a condição da mulher na contemporaneidade178,4 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback