Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9716

Título: Inibição in vitro de fungos toxigênicos por Pichia sp. e Debaryomyces sp. isoladas de frutos de café (Coffea arabica)
Autor(es): Ramos, Darlê Martins Barros
Silva, Cristina Ferreira
Batista, Luís Roberto
Schwan, Rosane Freitas
Assunto: Yeasts
Filamentous fungi
Biocontrol
Coffee
Debaryomyces
Pichia
Leveduras
Fungos filamentosos
Biocontrole
Café
Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
Data de publicação: 7-Ago-2008
Referência: RAMOS, D. M. B. et al. Inibição in vitro de fungos toxigênicos por Pichia sp. e Debaryomyces sp. isoladas de frutos de café (Coffea arabica). Acta Scientiarum. Agronomy, Maringá, v. 32, n. 3, p. 397-402, jul./set. 2010.
Resumo: O café é um produto nacional com grande expressão para a economia brasileira. O uso excessivo de fungicidas tem levado a pesquisas sobre formas alternativas como o controle biológico. Objetivou-se avaliar o potencial antagônico de leveduras em co-cultivo com fungos filamentosos. Isolados das espécies Debaryomyces hansenii (UFLACF 889 e UFLACF 847) e Pichia anomala (UFLACF 710 e UFLACF 951) foram inoculados (10 3 a 10 6 células mL -1 ) com três espécies de fungos filamentosos, Aspergillus ochraceus, A. parasiticus e Penicillium roqueforti (10 3 a 10 6 esporos mL -1 ). A avaliação do crescimento micelial e a contagem de esporos foram realizadas durante 21 dias. Observou-se que o isolado UFLACF 889 apresentou, em média, maior efeito inibitório na produção de esporos de A. ochraceus (inibição de 82%) e P. roqueforti (74%). O isolado UFLACF 710 inibiu a produção de esporos, em média, 60 e 75,6% de A. ochraceus e P. roqueforti, respectivamente. A. parasiticus foi o fungo mais resistente à inibição pelas leveduras. O crescimento micelial não foi inibido pela presença da levedura em co-cultivo. Portanto, pode-se concluir que leveduras em cultivo pareado com fungos filamentosos são capazes de inibir a produção de esporos e, potencialmente, diminuir a disseminação destes fungos no processamento de café.
Abstract: Coffee is a national product with great importance for the Brazilian economy. The excessive use of pesticides led to research for alternative forms, such as biological control. The objective of this work was to assess the potential antagonistic effect of yeast in dual- culture with filamentous fungi. Isolates of Debaryomyces hansenii (UFLACF 889 and UFLACF 847) and Pichia anomala (UFLACF 710 and UFLACF 951) species were inoculated (10 3 to 10 6 células mL -1 ) with three species of filamentous fungi, Aspergillus ochraceus, A. parasiticus and Penicillium roqueforti (10 3 to 10 6 spores mL -1 ). The assessment of mycelial growth and counting of spores was done for 21 days. It was observed that the isolated UFLA CF 889 attained, on average, the greatest inhibitory effect on the spore production of A. ochraceus (inhibition of 82%) and P. roqueforti (74%). The isolated UFLA CF 710 inhibited the spore production, on average, 60 and 75.6% of A. ochraceus and P. roqueforti, respectively. The fungus A. parasiticus was the most resistant to inhibition by yeasts. The mycelial growth was not inhibited by the presence of yeast in dual-culture. It could be concluded that yeast in dual-cultiure with filamentous fungi were able to inhibit the production of spores and potentially reduce the spread of this fungus during coffee processing.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9716
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Inibição in vitro de fungos toxigênicos por Pichia sp. e Debaryomyces sp. isoladas de frutos de café (C.pdf372,54 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback