Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9739
Título : Calla lily inflorescences postharvest: pulsing with different sucrose concentrations and storage conditions
Título(s) alternativo(s): Conservação pós-colheita de inflorescências de copo-de-leite: pulsing com diferentes concentrações de sacarose e condições de armazenamento
Autor: Almeida, Elka Fabiana Aparecida
Paiva, Patrícia Duarte de Oliveira
Lima, Luiz Carlos de Oliveira
Silva, Franklin Cordeiro
Fonseca, Juliana
Nogueira, Denismar Alves
Palavras-chave: Zantedeschia aethiopica
Durability
Floriculture
Flores - Cultivo
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data da publicação: 30-Mai-2011
Referência: ALMEIDA, E. F. A. et al. Calla lily inflorescences postharvest: pulsing with different sucrose concentrations and storage conditions. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 4, p. 657-663, Jul./Aug. 2011.
Resumo : Copo-de-leite é uma espécie apreciada para uso em arranjos florais. Apesar da sua importância comercial, há pouca informação sobre a conservação pós-colheita de copo-de-leite. Dessa forma, neste estudo, objetivou-se determinar a melhor concentração de sacarose para pulsing e condições de armazenamento a frio para estender a durabilidade pós-colheita de copo-de-leite. Hastes florais foram submetidas a pré-tratamento (pulsing), usando 2, 4, 8, 12 e 16% de sacarose na solução, por 1 hora, mais um tratamento de armazenamento direto em câmara fria, sem pré-tratamento. Armazenamento a seco ou em solução com produto comercial Flower ® foram também testados. Foi utilizado o delineamento experimental inteiramente casualizado com quatro repetições e três inflorescências por parcela. O comprimento e largura da espata foram medidos diariamente, sendo a partir desses, analisado o processo de abertura e senescência floral. Foi observado que o pulsing com sacarose foi eficiente para estender o processo de abertura e durabilidade de inflorescências de copo-de-leite. O armazenamento a seco por curto período (inferior a 6 dias) pode também ser utilizado, mas um pré-tratamento (pulsing) com 12% de sacarose por 1 hora ou manutenção em água pelo mesmo período é necessário. Para armazenamento em solução, é recomendado o pulsing com 5% ou 7,5% de sacarose.
Abstract: Calla lily is an appreciated specie used for flower arrangements. In spite of its commercial importance, there is little information on calla lily postharvest conservation. Thus, this study aimed to determine the best sucrose concentration for pulsing and cold storage conditions to extend calla lily postharvest durability. Flower stalks were submitted to a pulsing pre-treatment using 2, 4, 8, 12 and 16% sucrose in the solution, for one hour, plus a treatment with direct storage in cold chamber (4 o C), without a prior-treatment. Dry storage or storage in solution with the commercial product Flower ® was also tested. A completely randomized design was used with four replicates and three inflorescences per plot. Spathe length and width were daily measured from which the opening and wilting processes were analyzed. It was observed that pulsing with sucrose was efficient in extending calla lily inflorescences opening process and durability. Dry storage for short periods (less than six days) can also be used, but a prior-treatment with 12% sucrose pulsing for one hour or with a water supply for the same period was required. For storage in solution, a pulsing with 5% or 7.5% sucrose was recommended.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9739
Idioma: en
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia
DCA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Calla lily inflorescences postharvest pulsing with different sucrose concentrations.pdf134,71 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons