Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9782

Título: Levantamento de doenças da alface e da couve em produção urbana de Lavras (MG) e Campina Grande (PB)
Autor(es): Silva, Kercio Estevam da
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2031885542366418
Orientador: Medeiros, Flávio Henrique Vasconcelos de
Coorientador: Corrêa, Élida Barbosa
Membro da banca: Rodrigues, José Airton
Membro da banca: Abreu, Mario Sobral de
Assunto: Olericultura
Vegetable gardening
Bremia lactucae
Xanthomonas campestris pv
Campestris
Septoria lactucae
Erysiphe polygoni
Data de Defesa: 20-Fev-2015
Data de publicação: 18-Ago-2015
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: SILVA, K. E. da. Levantamento de doenças da alface e da couve em produção urbana de Lavras (MG) e Campina Grande (PB). 2015. 66 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitopatologia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: A agricultura urbana tem grande potencial para a produção de hortaliças no Brasil. Couve e alface são as culturas mais comumente plantadas; no entanto, pouco se conhece sobre o impacto das doenças nestes sistemas de produção. No presente estudo, objetivou-se realizar o levantamento de doenças que ocorrem em alface e couve e estabelecer a relação entre as práticas de manejo da cultura, adotadas pelos agricultores em diferentes regiões. Durante um ano, em cada localidade (Lavras e Campina Grande), análises semanais foram realizadas individualmente junto aos agricultores, em cada localidade. A partir das avaliações individuais das doenças as áreas abaixo da curva de progresso das doenças (AACPD) foram calculadas e as médias foram comparadas (teste de Kruskal-Wallis). De acordo com os resultados, o míldio na alface cultivada em Lavras foi a doença mais importante, com a maior AACPD durante o inverno, enquanto a cercosporiose foi a doença mais importante para os agricultores que utilizavam irrigação por mangueira. Para couve, a podridão negra foi a doença mais importante, entretanto, a AACPD foi menor nos cultivos de agricultores que utilizavam cobertura morta. A utilização de cobertura morta também reduziu a AACPD do oídio. Em Campina Grande, a cercosporiose e a septoriose em alface foram as doenças mais importantes. Independentemente da estação de cultivo, não foram verificadas diferenças para a severidade da cercosporiose. No entanto, no inverno e outono houve aumento da AACPD da septoriose. O oídio e a podridão negra foram as doenças mais importantes em couve. Maior AACPD para o oídio foi verificada no inverno e outono e nos agricultores que utilizavam esterco. A cercosporiose e a septoriose foram as principais doenças na alface em Campina Grande, enquanto que o míldio e a septoriose foram as principais doenças na alface em Lavras. Independentemente da região, as principais doenças foram o oídio e a podridão negra em couve. A estação de cultivo e as práticas culturais influenciaram a importância das doenças em alface e couve cultivadas por agricultores urbanos e as medidas de controle para as doenças podem ser encontradas dentro das próprias comunidades de agricultores.
Abstract: Urban agriculture has great potential for vegetable production in Brazil. Kale and lettuce are the most commonly planted crops but little is yet know about the impact of plant disease under these production systems. In this study, we aimed to survey the diseases occurring on lettuce and kale and establish the relationship to crop management practices adopted by growers from two different regions. During one year for each location (Lavras and Campina Grande), weekly assessments were carried out on individual farmholders per location. From individual disease ratings, the areas under the disease progress curves (AUDPC) were calculated and means compared (Kruskal-Wallis test). According to results, the downy mildew of lettuce in Lavras was the most important disease with higher AUDPC during winter, while septoria leaf spot was important only for farmers that relied exclusively on hose irrigation of plants. For kale, black rot was the most important disease, however, AUDPC was lower for growers that used straw mulch. That adopted technique also reduced powdery mildew AUDPC. In Campina Grande, the cercospora leaf spot and septoria leaf spot of lettuce were the most important diseases. Regarding the growing season, there were no differences for severity of cercospora leaf spot. However, the winter and fall were the conditions the most increased septoria leaf spot AUDPC. Powdery mildew and black rot were the most important diseases occurring on kale. Powdery mildew greatest AUDPC was recorded in winter and fall and for growers that used cattle manure. The cercospora leaf spot and septoria leaf spot of lettuce were the major diseases in Campina Grande, while the downy mildew and septoria leaf spot of lettuce were the major disease in Lavras. Regardless of the region, the major diseases were powdery mildew and black rot for kale. Therefore, the growing season and crop management practices influenced the importance of the disease of both lettuce and kale in urban agriculture growers and solutions for the diseases management may be found within the own growers communities.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9782
Idioma: por
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Levantamento de doenças da alface e da couve em produção urbana de Lavras (MG) e Campina Grande (PB).pdf2,09 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback