Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9796

Title: Qualidade da água de abastecimento da Comunidade dos Pimentas, Lavras–MG
???metadata.dc.creator???: Vitor, Andreísa Azevedo
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Fia, Fátima Resende Luiz
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Fia, Ronaldo
???metadata.dc.contributor.referee1???: Magri, Maria Elisa
???metadata.dc.contributor.referee2???: Paulino, Michelle Sampaio
Keywords: Água - Qualidade
Water quality
Padrão de potabilidade
Potability
Saneamento rural
Rural sanitation
???metadata.dc.date.submitted???: 13-Jan-2015
Issue Date: 20-Aug-2015
Citation: VITOR, A. A. Qualidade da água de abastecimento da Comunidade dos Pimentas, Lavras–MG. 2015. 105 p. Tese (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: A qualidade da água é um fator de grande importância para a sociedade, pois as características de natureza física, química e microbiológica devem ser mantidas dentro de certos limites. O objetivo deste trabalho foi avaliar os aspectos físico-químicos e microbiológicos das águas de poços subterrâneos e mananciais e relacionar a qualidade da água com o uso e ocupação do solo, bem como a caracterização do solo quanto a sua acidez, da comunidade dos Pimentas, município de Lavras. Os moradores desta comunidade utilizam águas de fontes naturais às quais nunca foram submetidas a exames laboratoriais para verificação da qualidade para uso. As amostras foram coletadas no segundo semestre de 2013 e primeiro de 2014, em diversos pontos. As variáveis avaliadas foram turbidez, pH, acidez, dureza, ferro, cor, sólidos dissolvidos e coliformes totais e termotolerantes para as cisternas, e para a lagoa e suas proximidades foram analisadas as variáveis pH, DBO, nitrato, fosfato, turbidez, sólidos totais, oxigênio dissolvido, temperatura, coliformes totais e termotolerantes. Para as cisternas, a contaminação microbiológica é o principal fator de poluição dessas águas, enquanto que as variáveis físicas e químicas satisfazem o VMP da portaria nº 2914/2011. Os fatores que contribuíram para a contaminação fecal podem estar associados a aproximação das fossas sépticas domiciliares, além do reuso de resíduos da suinocultura nas culturas agrícolas. A acidez do solo analisado resultou em uma acidez elevada, interferindo na acidificação das águas. O Índice de Qualidade de Água (IQA), baseados nos dados da coleta apresentaram valores acima dos índices estabelecidos pela Resolução 357/2011 CONAMA, não sendo indicadas para o desenvolvimento de atividades recreativas de contato primário, para irrigação de hortaliças, plantas frutíferas e de parques, jardins, campos de esporte e lazer, podendo ser destinado ao consumo humano após tratamento. Desta forma, conclui-se que os valores não estão dentro dos padrões estabelecidos pelo COPAM/CERH 01/2008, exceto o ponto 2 que apresentou valores satisfatórios. Sendo assim, faz-se necessário um monitoramento frequente da qualidade da água das cisternas e das águas superficiais da lagoa e a sua jusante. Além disso, auxiliar a comunidade sobre as ações preventivas.
Abstract: Water quality is a factor of major importance for the society, given that physical, chemical and microbiological traits should be kept within certain limits. In this work, we aimed at evaluating the physical, chemical and microbiological aspects of underground wells and springs, and relate the water quality with soil use and occupation, as well as characterizing the soil regarding its acidity, at the Comunidade dos Pimentas, in the municipality of Lavras, MG, Brazil. The residents of this community use water from natural sources, which are never subjected to laboratory tests to evaluate the quality for use. The samples were collected in the second semester of 2013 and first semester of 2014, at several points. The variables evaluated were turbidity, pH, acidity, hardness, iron, color, dissolved solids and total and thermal-tolerant coliforms for the wells, and variables pH, BOD, nitrate, phosphate, turbidity, total solids, dissolved oxygen, temperature and total and thermal-tolerant coliforms for the lagoon and its vicinity. For the water from the wells, microbiological contamination was the main polluting factor, while physical and chemical variables satisfy the VMP of decree No. 2914/2011. The factors contributing to fecal contamination may be associated with the closeness of household sepitc tanks, in addition to the reuse of residues from swine culture in agriculture. Soil acidity analysis resulted in a high acidity, which interfered with the acidification of the water. The Water Quality Index (WQI), based on the data collected, presented values above the rates established by the CONAMA Resolution 357/2011, and is not suitable for the development of primary contact recreational activities, for the irrigation of vegetables, fruit plants and parks, gardens, sports and leisure fields, with the possibility of use for human consumption after treatment. Thus, we conclude that the values are not within the standards established by COPAM/CERH 01/2008, with the exception of section 2, which showed satisfactory values. Therefore, a frequent monitoring of the water quality from the wells and surface water of the lagoon and its downstream is necessary. In addition, this study aids the community on preventive actions.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9796
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DCF - Tecnologias e Inovações Ambientais - Mestrado Profissional (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTACAO_Qualidade da água de abastecimento da Comunidade dos Pimentas, Lavras –MG.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback