Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9803

Título: Diagnóstico florístico da arborização urbana no Brasil e no município de Lavras – MG
Autor(es): Pereira, Gabriel de Assis
Orientador: Barbosa, Ana Carolina Maioli Campos
Membro da banca: Pereira, José Aldo Alves
Membro da banca: Nogueira, Ângela Maria
Assunto: Florestas
Forests and forestry
Arboricultura
Arboriculture
Ecologia urbana
Urban ecology
Espécie nativa
Urbanização
Urbanization
Data de Defesa: 25-Fev-2015
Data de publicação: 21-Ago-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: PEREIRA, G. de A. Diagnóstico florístico da arborização urbana no Brasil e no município de Lavras – MG. 2015. 204 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: A arborização nos ambientes urbanos promove benefícios de ordem social, econômica e ecológica, sendo o seu planejamento de suma importância para garantir os benefícios e serviços ambientais. Assim, esse trabalho busca discutir a arborização viária em diferentes escalas. A primeira em nível nacional e a segunda em nível local, na cidade de Lavras - MG. Em escala nacional, buscou-se com essa pesquisa responder as seguintes perguntas: (1) Quais são as espécies utilizadas e aquelas mais comuns na arborização viária das cidades brasileiras? (2) As espécies nativas e as ameaçadas de extinção são utilizadas na arborização viária? (3) Visto o grande grau de antroponização, os fatores ambientais influenciam na distribuição das espécies, da arborização viária, nas cidades brasileiras? Para isso, foi desenvolvido um banco de dados com o levantamento florístico da arborização viária de 93 cidades brasileiras, no qual foram catalogadas 638 espécies, sendo 338 espécies nativas brasileiras e foi constatada a concentração dos indivíduos em poucas espécies. Nesta pesquisa foram catalogadas 20 espécies ameaçadas de extinção. E os fatores ambientais influenciaram na composição das espécies utilizadas na arborização viária, constatado através da técnica de ordenação CCA (Canonical Correspondence Analysis). Em escala local, na cidade de Lavras – MG, objetivou-se obter informações da composição florística de sua arborização viária, com o diagnóstico dos conflitos com os elementos urbanos e buscou-se relacionar as diferentes condições socioeconômicas da cidade com a arborização viária. Foram catalogadas 43 espécies, sendo apenas sete espécies autóctones da região, semelhante à grande parcela das cidades brasileiras, foi constatado o acúmulo dos indivíduos em poucas espécies e a falta de planejamento levou ao aparecimento de conflitos entre a vegetação e os elementos urbanos. Com relação às diferentes realidades socioeconômicas na cidade, houve uma tendência de melhoria dos indicadores da arborização viária nos bairros com melhores condições socioeconômicas. As informações obtidas nas diferentes escalas formam subsídios para a melhoria da inserção e manutenção da vegetação nos meios urbanos, onde é apontada a necessidade da diversificação de espécies na arborização viária brasileira e da realização de pesquisas para o maior uso das espécies raras identificadas, tendo em vista as experiências de suas utilizações e com a possibilidade de indicações de espécies, de acordo com a influência das variáveis bioclimáticas nas suas distribuições. Em nível local de Lavras - MG, os resultados auxiliaram o poder público nas diretrizes e ações necessárias para a melhoria da arborização, nas diferentes realidades da cidade.
Abstract: Afforestation in urban environments promote benefits of social, economic and ecological order, with its planning presenting great importance in ensuring these benefits and environmental services. Therefore, this study seeks to discuss street trees at different levels. The first, at a nationwide level and, the second, at the local level, in the municipality of Lavras, MG, Brazil. At the nationwide level, we sought to answer the following questions: (1) Which are the species used and which are the most in street trees in Brazilian cities? (2) Native and threatened species are used in street trees? (3) Given the high level of anthroponization, the environmental factors influence species distribution of street trees in Brazilian cities? In order to do this, we developed a database with the floristic survey of street trees in 93 Brazilian cities, in which we cataloged 638 species, with 338 native Brazilian species, verifying the concentration of individuals in few species. In this research, we cataloged 20 threatened species. The environmental factors influenced the composition of the species used in street trees, verified by means of the Canonical Correspondence Analysis (CCA). At a local level, in the municipality of Lavras, we aimed at obtaining information of the floristic composition of its street trees, diagnosing the conflicts with urban elements and seeking to correlate the different socio-economic conditions of the municipality with street trees. We cataloged 43 species, with only seven native species of the region, similar to the greater portion of Brazilian cities, we found the accumulation of individuals in few species and the lack of planning led to the emergence of conflicts between vegetation and urban elements. Regarding the different socio-economic realities in the municipality, there was an inclination of improvement of the street trees indicators in neighborhoods with better socioeconomic conditions. The information obtained at the different levels aided in the improvement of the insertion and maintenance of plants in urban areas, where the need for species diversification is indicated for Brazilian street trees, in addition to the performance of researches for the greater use of identified rare species, considering the experiences of their use, with the possibility of indicating species according to the influence of the bioclimatic variables in their distributions. At the local level of Lavras, the results aided the government in the guidelines and actions necessary to improve the afforestation in the different realities of the municipality.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9803
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Diagnóstico florístico da arborização urbana no Brasil e no município de Lavras – MG.pdf5,39 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback