Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9808

Title: Resistência de Cercospora coffeicola a fungicidas
???metadata.dc.creator???: Santos, Leandro Alvarenga
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Souza, Paulo Estevão de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Faria, Cacilda Marcia Duarte Rios
???metadata.dc.contributor.referee2???: Botelho, Cesar Elias
???metadata.dc.contributor.referee3???: Alves, Eduardo
???metadata.dc.contributor.referee4???: Botelho, Deila Magna dos Santos
Keywords: Triazol
Triazole
Estrobilurinas
Strobilurins
Casugamicina
Kasugamycin
Controle químico
Chemical control
???metadata.dc.date.submitted???: 1-Feb-2015
Issue Date: 24-Aug-2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Citation: SANTOS, L. A. Resistência de Cercospora coffeicola a fungicidas. 2015. 70 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitopatologia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: A cercosporiose do cafeeiro é uma das doenças mais importantes dessa cultura, entretanto, escassos são os trabalhos sobre o seu agente etiológico (Cercospora coffeicola) e o seu controle. Portanto, este trabalho foi realizado com os objetivos de desenvolver uma metodologia para isolamento do fungo C. coffeicola, verificar a existência de isolados do fungo com baixa sensibilidade/resistência aos principais fungicidas utilizados em campos comerciais, testar a eficiência de programas de pulverizações e verificar a influência do antibiótico casugamicina, amplamente utilizado para o controle da mancha-aureolada, sobre C. coffeicola e a sua influência na sensibilidade de fungicidas. Portanto, foi desenvolvida uma metodologia que permitiu o isolamento de cerca de 70 isolados do patógeno, utilizando uma nova técnica, denominada técnica da pipeta. Os testes com os programas de pulverizações demonstraram ineficiência de um dos programas (com duas aplicações de azoxistrobina e ciproconazol, em dezembro e em fevereiro, e a terceira aplicação com ciproconazol, em abril). No teste in vitro, o fungicida ciproconazol foi o único ingrediente ativo a apresentar algum grau de resistência para as variáveis IC50, CIM e ICM. Por fim, foi possível concluir que a casugamicina tem moderada ação fungitóxica ao fungo C. coffeicola, embora sua utilização para este fim não seja regulamentada. Entretanto, sua utilização em campos comerciais deve ser evitada, visto que a exposição a ela confere diminuição da sensibilidade a fungicidas do grupo dos triazóis (DMIs).
Abstract: The coffee gray leaf spot of the most important diseases of the crop, but few published studies on the etiological agent (Cercospora coffeicola) and its control. Therefore the objectives of this study were to develop a methodology for isolating the fungus C. coffeicola, verify the existence of the isolates with low sensitivity / resistance to the main fungicides used in commercial fields, test the efficiency of spray programs and the influence of the antibiotic kasugamycin, widely used for control of bacterial blight on the C coffeicola and its effect on the sensitivity of fungicides. Therefore, a method that allowed the isolation of 70 isolated from the pathogen was, developed; the new technique is called Pipette Technique. Tests with spraying programs showed inefficiency of the programs (with two applications of Azoxystrobin and Cyproconazole, December and February, and the third application with Cyproconazole April) and results ‘in vitro’ Cyproconazole was the only active ingredient present some degree of resistance to the IC50 variables, CIM and ICM. Finally it was concluded that the Kasugamycin has moderate action fungitoxic the fungus C. coffeicola, although its use for this purpose is not regulated. However its use in commercial fields should be avoided because exposure to it confers reduced sensitivity to fungicides of the group of Triazoles (DMI's).
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9808
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_Resistência de Cercospora coffeicola a fungicidas.pdf1.42 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback