Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/997
Título: Avaliação e análise da sustentabilidade de planos de manejo da candeia (Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish)
Autor : Araújo, Emanuel José Gomes de
Primeiro orientador: Scolforo, José Roberto Soares
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Mello, José Márcio de
Primeiro membro da banca: Barbosa, João Paulo Rodrigues D.
Área de concentração: Manejo Florestal
Palavras-chave: Manejo sustentável
Candeia
Radiação
Radiation
Data da publicação: 2013
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
Referência: ARAÚJO, E. J. G. de. Avaliação e análise da sustentabilidade de planos de manejo da candeia (Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish). 2012. 138 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Over many years candeia (Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish) was disorderly exploited, not following a technical and scientific management criteria, envisaging environmental impact minimization. In order to regulate this activity, on January 5, 2007, the Minas Gerais state Decree N. 1 set forth the rules for carrying out the management of candeia (MINAS GERAIS, 2007). This study assessed the sustainability of candeia management under intensity and spatial distribution of natural regeneration in five areas subject to seed trees forest management system, according to the standards proposed by the Decree. Decagonal shaped plots with 300 m2 of area were systematically distributed in fragments 1, 2, 3, 4 and 5. It was measured the total height of all regenerating candeia individuals, the height, the diameter at 1.30 m above the ground and the geographical coordinates of all adult candeia and other native tree species individuals. The plots with radius of 10 m were centered on the seed tree. For data analysis, indices depicting the growth and establishment of natural regeneration, and the correlation of this with the tree layer and spatial analysis using geostatistical techniques were estimated. The results showed that natural regeneration develops differently in each fragment, depending on environmental conditions, being affected by altitude and the predominance of candeia forest before the management. Moreover, the regeneration showed strong spatial dependence on four of the studied fragments. Thus, it is necessary to monitor regeneration over time and space and identify and analyze other factors that may affect candeia development
Ao longo de muitos anos a candeia (Eremanthus erythropappus (DC.) MacLeish) foi explorada de forma desordenada, sem seguir os critérios de um manejo, que buscasse a minimização de impactos. Com a necessidade de regulamentar essa atividade foi criada a portaria n º 01 de 5 de janeiro de 2007, que dispõe sobre as normas, para a realização do manejo da candeia em Minas Gerais (MINAS GERAIS, 2007). Nesse contexto, o objetivo geral do trabalho foi avaliar a sustentabilidade do manejo da candeia, condicionada à intensidade e espacialização da regeneração natural, em cinco áreas submetidas ao sistema de manejo florestal com porta sementes, conforme as normas propostas pela portaria. Em parcelas com formato dodecagonal, área de 300 m² e distribuídas sistematicamente nos fragmentos 1, 2, 3, 4 e 5 foram mensuradas a altura total de todos os indivíduos regenerantes de candeia e a altura e o diâmetro a 1,30 m do solo de todos os indivíduos arbóreos de candeia e de outras espécies nativas, além das coordenadas geográficas desses dois tipos de indivíduos. As parcelas foram centradas em uma árvore porta semente, apresentando um raio de 10 m. Para análise dos dados foram estimados índices que retratam o crescimento e estabelecimento da regeneração natural, além da correlação desta com o estrato arbóreo e análise espacial, por meio de técnicas de geoestatística. Os resultados obtidos mostraram que a regeneração natural se desenvolve de forma diferenciada em cada fragmento, dependendo das condições do ambiente, sendo influenciada principalmente pela a altitude e predominância de candeia antes do manejo. Além disso, a regeneração natural apresentou forte dependência espacial em 4 dos fragmentos estudados. Assim, é imprescindível acompanhar a regeneração ao longo do tempo e espaço e explorar outros fatores que podem afetar seu o desenvolvimento. Palavras-chave: Manejo sustentável. Regeneração da candeia. Espacialização. Radiação
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, área de concentração em Manejo Florestal, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/997
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)
LEMAF - Teses e Dissertações



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.