Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/998

Título: Estudo prospectivo de Neospora caninum em cães do sul de Minas Gerais
Autor(es): Nogueira, Clayton Israel
Orientador: Varaschin, Mary Suzan
Membro da banca: Peconick, Ana Paula
Bezerra Júnior, Pedro Soares
Vasconcelos, Rosemeri de Oliveira
Área de concentração: Clínica, Cirurgia e Patologia Veterinária
Assunto: Neosporose
Soroprevalência
Imuno-histoquímica
Reação em Cadeia da Polimerase
Toxoplasma gondii
Neosporosis
Seroprevalence
Immunohistochemistry
Polymerase Chain Reaction
Data de Defesa: 27-Fev-2012
Data de publicação: 2013
Referência: NOGUEIRA, C. I. Estudo prospectivo de Neospora caninum em cães do sul de Minas Gerais. 2012. 113 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: Neospora caninum é considerado um importante agente causador de abortos em bovinos, porém se desconhece sua frequência e real importância como causador de lesões e doença clínica em cães da região Sul de Minas Gerais. Este estudo foi dividido em duas partes. Na primeira, determinou-se a soroprevalência de anticorpos anti-Neospora caninum e investigou-se os fatores de risco relacionados à sorologia em cães de zonas urbana e rural de propriedades com diferentes atividades econômicas (produção de leite ou de café) em Minas Gerais, Brasil. Para isso, 703 amostras de sangue de cães foram coletadas e um questionário contendo diversas variáveis epidemiológicas foi respondido por cada proprietário do animal no momento da coleta. O soro obtido foi analisado para anticorpos anti-N. caninum por teste de imunofluorescência indireta (RIFI≥1:50). Dos 703 cães, 80 (11,4%) foram positivos para N. caninum. Cães que não recebiam ração industrial, de áreas rurais, de propriedades leiteiras principalmente com histórico de aborto bovino, que eram utilizados para caça, que apresentavam histórico de distúrbios reprodutivos apresentaram maiores chances de soropositividade (p<0,05). Para a segunda parte do estudo, um total de 104 cães com sinais neurológicos e musculares ou histórico de doenças ou terapias imunossupressoras recentes foram necropsiados e avaliados histopatologicamente à procura de lesões compatíveis com infecção por protozoários. Lesões, como encefalite, miosite e miocardite não supurativas, foram encontradas em 47 cães (45,2%). Quatro animais apresentaram estruturas parasitárias semelhantes a grupos de taquizoítos ou cistos de protozoários no coração ou no sistema nervoso central. Desses, dois animais apresentaram marcação imuno-histoquímica positiva apenas para Toxoplasma gondii. Em outro cão, ocorreu marcação imuno-histoquímica tanto para N. caninum como para T. gondii. Para o quarto cão, não foi possível realizar a análise imuno-histoquímica. Em todos os 104 cães também foi realizada PCR convencional (utilizando o par de primers Lav1/Tim11) em amostras de cérebro e coração, cujo produto de 588pb da região ITS1 foi sequenciado em quatro amostras (coração e cérebro) de dois cães. Obteve-se similaridade de 98 e 99% com várias sequências de T. gondii depositadas no GenBank. Os achados do presente estudo sugerem que N. caninum não é um agente importante como causador de lesões patológicas ou doença clínica em cães da região estudada e que cães da zona rural, produtoras de leite, possuem mais chances de contato com o agente. A PCR, utilizando-se os primers Lav1/Tim11 mostrou-se uma técnica bastante útil para diagnosticar infecção por protozoário, porém faz-se necessário o sequenciamento genético para diferenciar as espécies T. gondii e N. caninum
Neospora caninum is considered an important causative agent of abortions in cattle, but it is unknown its frequency and real importance as a cause of injury and clinical disease in dogs from southern Minas Gerais, Brazil. This study was divided in two parts. The first was conducted to determine the seroprevalence of anti-Neospora caninum antibodies and to investigate the risk factors related to antibodies anti-N. caninum in dogs from urban and rural areas with distinct economics pattern (milk and coffee production) in Minas Gerais, Brazil. For this purpose, 703 blood samples were collected from dogs and questionnaires addressing epidemiological aspects were given to each dog owner. The sera were analyzed for anti-N. caninum antibodies by indirect fluorescent antibody tests (IFAT ≥ 1:50). Of the 703 dogs, 80 (11.4%) were positive for N. caninum. Dogs which don’t receive industrial food, from rural areas, from dairy farms mainly with history of bovine abortion, dogs used for hunting, with history of reproductive disorders, had higher odds of seropositivity (p<0,05). For the second part of the study, a total of 104 dogs with neurological and muscular signs or history of recent immunosuppressive diseases or therapy was necropsied and evaluated, histopathologically, to search for compatible lesions with protozoal infection. Lesions, like nonsuppurative encephalitis, myositis and myocarditis were found in 47 dogs (45.2%). Four animals showed parasitic structures like tachizoits groups or protozoan cysts in the heart or central nervous system. Two of them presented positive immunohistochemical labeling only for Toxoplasma gondii. In another dog, there was positive labeling to both N. caninum and T. gondii. For the fourth dog, it wasn’t possible to perform immunohistochemical analysis. For all 104 dogs, it was realized convencional PCR (using the pair of primers Lav1/Tim11) in samples of brain and heart, and the product of 588bp from ITS1 region was sequenciated in four samples (brain and heart) from two dogs. It was obtained 98 and 99% of similarity with several sequences of T. gondii deposited in GenBank. The findings of the present study suggests that N. caninum isn’t an important agent causing pathological lesions or clinical disease in dogs from studied area and dogs from rural area, specially dairy areas, have more chances of contact with the agent. PCR, using the primers Lav1/Tim11 is useful to diagnosis protozoal infection, but it is necessary genetic sequencing to differentiate N. caninum from T. gondii
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, área de concentração em Clínica, Cirurgia e Patologia Veterinária, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/998
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Estudo prospectivo de Neospora caninum em cães do sul de Minas Gerais.pdf1,42 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback