Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1231
Título: Propagação de videira pelos sistemas hidropônico e convencional
Autor : Ferreira, Flávio Togni
Primeiro orientador: Chalfun, Nilton Nagib Jorge
Primeiro membro da banca: Ramos, José Darlan
Ferreira, Ester Alice
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Vitis vinifera
Porta-enxertos
Enxertia
Rootstocks
Grafting
Data da publicação: 2013
Referência: FERREIRA, F. T. Propagação de videira pelos sistemas hidropônico e convencional. 2013. 69 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: O Brasil é um dos maiores produtores de frutas do mundo, ocupando um lugar de destaque na produção de uvas, vinhos, sucos e outros derivados. Na formação de novos pomares desta fruta ainda predomina a enxertia a campo que é mais custosa para o produtor, além de demorar cerca de um ano a mais para o início da produção. Novas técnicas de produção de mudas têm sido buscadas por produtores e viveiristas, visando à redução dos custos de implantação de um pomar; sendo a mais comum delas, a enxertia de mesa, pelo rendimento alcançado. Porém, como a demanda tem sido elevada, em anos recentes o Brasil tem importado mudas, para suprir a lacuna existente neste setor. Com o objetivo de verificar a viabilidade da produção de mudas enxertadas de videira no sistema hidropônico, foram instalados experimentos buscando verificar a utilização de AIB e do cofator Zn no enraizamento de porta-enxerto de videira, bem como comparar os sistemas de produção convencional e hidropônico quanto a diferentes tipos de enxertia. Concluiu-se que o sistema hidropônico é viável na produção de porta-enxerto ‘Riparia do Traviu’. O sistema convencional foi mais eficiente para o pegamento do enxerto, sendo a garfagem de fenda cheia na estaca o melhor método de enxertia. Embora não tenha havido diferença significativa para comprimento e número de raízes nos diversos tratamentos, observa-se uma tendência da massa seca nas raízes das estacas tratadas com Zn ser maior que nas não tratadas.
Brazil is one of a major producers of fruits in the world, occupying a prominent place in the production of grapes, wines, juices and other derivatives. In the formation of this new fruit orchards still dominates the budding field that is more costly to the producer, and take about a year longer for the start of production. New techniques for the production of seedlings were sought by growers and nurserymen, aiming to reduce the deployment costs of an orchard, the most common of them is the table grafting, due to high yields achieved. However, as the demand has been high in recent years Brazil has imported seedlings, to meet the gap in this sector. Aiming to verify the feasibility of the production of grafted vine in the hydroponic system were installed experiments seeking to verify the use of IBA and Zn cofactor in the rooting of vine rootstock, and compare the conventional and hydroponic production systems related to different grafting methods. It was concluded that the system is feasible in hydroponic production of rootstock 'Riparia the Traviú'. The conventional system was more efficient for the success of the graft, and the cleft grafting was the best method of grafting. Although there was no significant difference in root length and number of the different treatments, there is a tendency of the dry mass in the roots of the cuttings treated with Zn to be greater than in the untreated.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1231
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO_Propagação de videira....pdf439,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.