Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15577
Título: Desenvolvimento e maturação de frutos de pitaia vermelha de polpa branca
Título(s) alternativo(s): Development and ripening of red pitaya fruits of white pulp
Autor : Magalhães, Deniete Soares
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4296624J6
Primeiro orientador: Ramos, José Darlan
Primeiro coorientador: Pio, Leila Aparecida Salles
Primeiro membro da banca: Pio, Leila Aparecida Salles
Segundo membro da banca: Rufini, José Carlos Moraes
Terceiro membro da banca: Silva, Adriano Bortolotti da
Quarto membro da banca: Norberto, Paulo Márcio
Palavras-chave: Pitaia – Qualidade
Pitaia – Colheita
Pitaia – Maturação
Pitahayas – Quality
Pitahayas – Harvesting
Pitahayas – Maturation
Data da publicação: 24-Out-2017
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (CAPES)
Referência: MAGALHÃES, D. S. Desenvolvimento e maturação de frutos de pitaia vermelha de polpa branca. 2017. 53 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: No Brasil, o cultivo da pitaia tem se expandido, e esse fato, deve-se principalmente ao seu grande potencial para comercialização e processamento. Apesar da expansão, a falta de informações acerca da maturação e qualidade dos frutos é uma das principais barreiras da cultura. Com isso, o objetivo dessa pesquisa foi estudar as alterações que ocorrem durante o crescimento e maturação, além de indicar o ponto de colheita dos frutos de pitaia vermelha de polpa branca. No primeiro experimento, buscou-se acompanhar o desenvolvimento completo dos frutos, desde os primeiros dias após a antese até frutos em processo de senescência. No segundo experimento, buscou-se detalhar os processos envolvidos nas fases de maturação dos frutos, para determinar os índices de maturidade destes, e indicar a época ideal de colheita. Assim, no primeiro experimento, foram realizadas análises de caracterização física, físico-química e minerais dos frutos, nos diferentes estádios de desenvolvimento (7, 14, 21, 28, 35 e 42 dias após a antese), enquanto no segundo experimento, foram realizadas análises de caracterização física, físico-química e de correlações, nos intervalos de 28, 30, 32, 34, 36, 38, 40 e 42 dias após a antese, englobando todas as fases de maturação dos frutos. Analisando-se os dois experimentos, pode-se notar que características importantes são observadas ao longo do crescimento e maturação dos frutos. De modo geral, observam-se incrementos em rendimento, massa, sólidos solúveis, e decréscimos em espessura da casca, firmeza e umidade. São encontrados teores significativos e importantes para a dieta humana, com destaque para o nitrogênio, potássio, cálcio, manganês, ferro e zinco. A coloração da casca muda de tons verde-amarelo em frutos imaturos para vermelho intenso ao amadurecerem. As colorações da casca bem como a aparência visual dos frutos, podem ser utilizadas com sucesso na determinação dos índices de maturidade dos frutos e determinação da época de colheita destes. O ponto ideal de colheita, levando-se em conta as características organolépticas e aspectos visuais é em torno dos 34-38 dias, quando alcança sua maturidade fisiológica. A partir dos 40 dias os frutos tornam-se menos atrativos visualmente, devido ao murchamento das escamas e perda da coloração rosa intensa da casca, embora até os 42 dias se encontrem com qualidade interna suficiente para serem consumidos, podendo ser utilizados para processamento.
Abstract: In Brazil, pitaya fruit cultivation has expanded, this is mainly due to its great commercialization and processing potential. Despite the expansion, the lack of information about fruits maturation and quality is one of the main barriers for its culture. Therefore, the objective of this research was to study the changes that occur during growth and ripening of pitaya fruits of white pulp, besides indicating their harvest point. In the first experiment, the complete development of fruits from the first days after the anthesis to fruits in senescence process was followed. In the second experiment, processes involved in fruits ripening stages were detailed to determine fruit maturity indices and indicate the ideal time to harvest them. Thus, in the first experiment analyses of physical, physical-chemical, and mineral characterization of fruits were carried out at different development stages (7, 14, 21, 28, 35 and 42 days after anthesis). While in the second experiment, physical, physical-chemical and correlation analyses were performed, at intervals of 28, 30, 32, 34, 36, 38, 40 and 42 days after anthesis, including all stages of fruit ripening. After analyzing the two experiments, it can be noticed that important characteristics are observed throughout fruits growth and ripening. In general, increases in yield, mass, soluble solids, and decreases in peel thickness, firmness and moisture are observed. Significant and important levels are found for human diet, with emphasis on nitrogen, potassium, calcium, manganese, iron and zinc. The color of peel changes from yellow-green in unripe fruits to intense red as they mature. Peel coloration as well as the visual appearance of the fruit can be used successfully in determining maturity indices of fruits and determining fruits harvesting time. The ideal harvest point, taking into account the organoleptic characteristics and visual aspects is around 34-38 days, when it reaches its physiological maturity. From the 40 days, fruits become less attractive visually, due to scales wilting and loss of the intense pink coloration of their peel, although until the 42 days they have enough internal quality to be consumed, and they can be used for processing.
URI: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15577
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Desenvolvimento e maturação de frutos de pitaia vermelha de polpa branca.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.