Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29556
metadata.artigo.dc.title: Fatores associados à percepção e atitude de consumidores de carne bovina com certificação de origem em Uberlândia, Minas Gerais
metadata.artigo.dc.title.alternative: Factors associated with perceptions and attitude of consumers of meat with certification of origin in Uberlândia, Minas Gerais, Brazil
metadata.artigo.dc.creator: Lopes, Marcos Aurélio
Maia, Érica Mariz
Bruhn, Fábio Raphael Pascoti
Custódio, Izadora Alvarenga
Rocha, Christiane Maria Barcellos Magalhães da
Faria, Peter Bittencout
metadata.artigo.dc.subject: Carne bovina - Comercialização
Carne - Rastreabilidade
Segurança alimentar
Beef - Marketing
Meat - Traceability
Food safety
metadata.artigo.dc.publisher: Universidade Federal de Viçosa
metadata.artigo.dc.date.issued: Jan-2017
metadata.artigo.dc.identifier.citation: LOPES, M. A. et al. Fatores associados à percepção e atitude de consumidores de carne bovina com certificação de origem em Uberlândia, Minas Gerais. Revista Ceres, Viçosa, MG, v. 64, n. 1, p. 31-39, jan./fev. 2017.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O objetivo deste estudo foi verificar os fatores socioeconômicos relacionados com a decisão de compra de carne com certificação de origem, além de levantar os perfis de percepção e de atitude dos consumidores de carne bovina, em Uberlândia, MG. Foi realizada a descrição das variáveis e construído um modelo múltiplo Generalized Estimating Equations (GEE) de regressão logística, para testar as possíveis associações entre as características socioeconômicas dos consumidores e os principais atributos da carne que influenciam a decisão sobre sua compra. As informações foram levantadas por meio de entrevistas com 213 consumidores, de abril a maio de 2012. A presença do carimbo do serviço de inspeção federal (SIF) ou estadual é o atributo que mais influencia a decisão de compra dos consumidores. A maioria dos entrevistados já ouviu falar sobre rastreabilidade bovina. Dentre estes, a maior parte está disposta a pagar mais pela carne com certificação de origem. Apesar disso, muitos consideram que o aumento do preço da carne é uma desvantagem da rastreabilidade. Consumidores com maior grau de escolaridade e renda apresentaram melhor conhecimento sobre este tipo de certificação, sendo esses fatores os de grande influência sobre a aceitação dos consumidores em pagar mais caro pela carne bovina rastreada.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The aim of this study was to verify which socioeconomic factors are related to the decision to purchase meat with certification of origin, as well as raising the profile of perception and attitude of consumers of beef in Uberlândia/MG. We performed a description of the variables and built Generalized Estimating Equations (GEE) logistic regression model to identify possible associations between the partner-economic characteristics of the consumers and the main attributes of the meat that influence the decision for its purchase. The information had been raised by interviews with 213 consumers of April the May of 2012. The presence of the seal from the Federal Inspection Service (S.I.F) or the State Inspection Service is the attribute that more influences in the decision to purchase of the consumers. Most respondents have already heard about bovine traceability. Among these, most would be willing to pay more for meat with certification of origin. Although, considering that there are disavantages associated with traceability, especially in relation to the increase in the price of meat. Consumers with higher education and income were more knowledgeable about this type of certification, and these factors are of great influence on the acceptability of consumers to pay more for traced beef.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29556
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DMV - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons